País

Estado deu cinco milhões de euros à Raríssimas em cinco anos

O Estado financiou um quarto do orçamento da associação Raríssimas, num total de cinco milhões de euros nos últimos cinco anos.

Aos 2,7 milhões de euros provenientes da Segurança Social somam-se 2,3 milhões do Ministério da Saúde, segundo números apurados pelo Público e pelo Diário de Notícias.

A maior parcela é relativa à comparticipação por a Raríssimas integrar, com 39 camas de internamento, a Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados.

O orçamento da Raríssimas para o próximo ano é de quatro milhões de euros, de acordo com o que está publicado no site da associação.

As receitas previstas podem no entanto não se concretizar porque pelo menos a delegação de Viseu já recebeu telefonemas de doadores a suspender o apoio enquanto o caso das alegadas irregularidades na Raríssimas não estiver esclarecido.

  • Enfermeiros iniciam greve de dois dias 

    Economia

    Os sindicatos dos enfermeiros deram início, à meia noite, a dois dias de greve nacional que visa pressionar o Governo a apresentar uma contraproposta ao diploma da carreira de enfermagem.

  • Novos e-mails põem em causa valores da saída de Garay do Benfica
    2:44

    Desporto

    O pirata informático suspeito de ter desviado centenas de e-mails do Benfica revelou mais material, alegadamente comprometedor. Segundo uma mensagem alegadamente trocada entre Luís Filipe Vieira e Paulo Gonçalves, publicada esta quarta-feira na internet, o negócio da venda de Garay poderá ter sido feito por 13 milhões de euros e não por 6, como foi anunciado.

  • Saiba como escolher o melhor Plano Poupança Reforma
    8:32