País

Cerca de 160 mil lisboetas já receberam reembolso da Taxa de Proteção Civil

Armando Franca

Cerca de 160 mil munícipes já receberam o vale postal com o reembolso da Taxa Municipal de Proteção Civil e, desses, pelo menos 10 mil já foram levantados, disse esta terça-feira fonte da Câmara de Lisboa.

Segundo a mesma fonte, até às 19:40 desta terça-feira, os CTT "já distribuíram 160 mil vales postal".

"Sabemos que já foram levantados cerca de 10 mil vales", disse a fonte, acrescentando que "o processo está a decorrer de acordo com o que estava calendarizado"."As cartas todas deverão ser recebidas nas caixas do correio até dia 15 de março", indicou.

Até essa data, serão enviados 204 mil vales-postal, que correspondem a 92% de todos os munícipes que pagaram. Os restantes 8% dizem respeito às situações que envolvem moradas no estrangeiro, montantes acima dos cinco mil euros ou casos em que existe dívida ao município.

No total, serão reembolsadas 223.390 pessoas e entidades, das quais 204 mil vão receber cerca de 29 milhões de euros (equivalente a uma média 142 euros/pessoa) e as restantes 19 mil recebem outros 29 milhões de euros (1.526 euros/pessoa).

A 16 de janeiro, a Câmara de Lisboa aprovou em reunião privada do executivo solicitar à Procuradoria-Geral da República um parecer sobre a devolução da TMPC com juros, e pedir ao Governo e ao parlamento que a medida seja aplicada em situações semelhantes.

No início do mês, o presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina (PS), disse que os munícipes seriam notificados através de um vale postal para a devolução da verba, mas receberiam apenas o que pagaram nos anos em que a taxa vigorou por a lei não permitir a devolução com juros.

Posteriormente, o autarca afirmou que o município está a ponderar colocar uma ação judicial contra o Estado na sequência da decisão do Tribunal Constitucional de decretar inconstitucional a taxa que o município aplicou.

Sobre esta questão, o PSD recomendou que "ao invés de gastar recursos municipais a estudar a hipótese de enfrentar o Estado português, a Câmara deveria utilizar esses recursos a assegurar a plenitude jurídica no ressarcimento do que espoliou à comunidade que nela confia".

Lusa

  • Marcelo explica porque não aplaudiu discurso de Trump
    0:34

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa diz que não aplaudiu o discurso de Donald Trump nas Nações Unidas porque Portugal acredita no multilateralismo e no diálogo. O Presidente da República sublinhou que a intervenção que vai fazer na quarta-feira vai nesse sentido.

  • O adeus do capitão

    Desporto

    Quinze anos depois da chegada à Luz, Luisão despede-se do clube que o viu despontar para o futebol e onde se conseguiu afirmar como um dos melhores. No dia do adeus, fazemos uma retrospetiva à carreira do capitão mais titulado da história do Benfica.

    André de Jesus

  • Afinal, quem é que merece ser o melhor jogador do mundo?
    2:21

    Desporto

    Luka Modric foi considerado o melhor do mundo pela FIFA. Cristiano Ronaldo foi o grande derrotado da noite, não venceu o prémio principal nem o do melhor golo do ano. As reações não se fizeram esperar. Se uns acham justa a vitória do croata, já outros questionam os critérios do prémio.

  • Bill Cosby considerado predador sexual violento e condenado a pena de prisão

    Mundo

    O ator norte-americano Bill Cosby foi esta terça-feira condenado a uma pena de prisão de três a 10 anos e considerado um "predador sexual violento", por um juiz da Pensilvânia. A classificação significa que o homem de 81 anos terá de receber aconselhamento durante o resto da vida, assim como o seu nome irá aparecer no registo dos criminosos sexuais.

    SIC

  • O que está a mudar na Arábia Saudita

    Mundo

    A luta contra a discriminação de género e as reformas na cultura continuam a dar largos passos, na Arábia Saudita. A mais recente novidade é que, pela primeira vez, uma mulher foi autorizada a apresentar as notícias, na televisão estatal. Desde as mulheres que já podem conduzir ao regresso do cinema, saiba o que está a mudar no país conservador.

    Ana Rute Carvalho

  • A tecnologia que promete melhorar o estacionamento nos centros urbanos
    8:05
  • Um em cada três trabalhadores em risco de esgotamento profissional
    1:11
  • Brasileiro terá escondido provas do caso Lava Jato em casas em Lisboa
    2:15

    Operação Lava Jato

    A Polícia Judiciária fez buscas e apreensões em Lisboa, no âmbito do caso brasileiro Lava Jato. A operação ocorreu a partir de um pedido de cooperação internacional das autoridades brasileiras. O alvo da operação é um homem brasileiro acusado de envolvimento com luvas. Mário de Miranda terá escondido provas e documentos em casas da capital portuguesa.