País

Gravidade dos crimes e antecedentes criminais pesaram na condenação de Pedro Dias

Gravidade dos crimes e antecedentes criminais pesaram na condenação de Pedro Dias

Pedro Dias foi esta quinta-feira condenado a 25 anos de prisão pelos três crimes de homicídio, cometidos em outubro de 2016. O tribunal da Guarda valorizou a gravidade dos crimes e os antecedentes criminais do arguido.

  • Pedro Dias condenado a pena máxima de prisão de 25 anos

    País

    Pedro Dias foi condenado a várias penas parcelares por cada crime de homicídio. O arguido assistiu por videoconferência à leitura da sentença do Tribunal da Guarda, onde decorreu o julgamento desde novembro do ano passado pelos crimes de Aguiar da Beira, cometidos em 11 de outubro de 2016.

  • Diretor artístico demite-se do Museu de Serralves
    2:44

    Cultura

    Estão ainda por esclarecer as razões da demissão do diretor artístico do Museu de Serralves. João Ribas apresentou a demissão esta sexta-feira, um dia depois da inauguração da exposição do fotógrafo Robert Mapplethorp. A demissão foi associada a restrições a algumas imagens de cariz sexual explícito. Mas a Fundação de Serralves garante que foi o próprio João Ribas quem decidiu retirar duas obras da exposição. E sublinha que estava decidido desde o início apresentar as obras de cariz sexual explícito numa zona com acesso restrito.

  • Personalidades do futebol dizem que Ronaldo foi vítima de excesso de zelo
    2:03

    Desporto

    A UEFA vai anunciar o castigo de Cristiano Ronaldo na próxima quinta-feira, depois do cartão vermelho que o internacional português recebeu no jogo da Liga dos Campeões. O castigo pode ir de um a três jogos de suspensão. Várias personalidades do mundo do futebol acreditam que o jogador foi vítima do excesso de zelo do árbitro.