País

Zonas afetadas por cheias com 25 projetos de intervenções de 60 milhões

PAULO CUNHA

O Governo apoiou 25 projetos para intervenções estruturais em zonas afetadas por cheias frequentes, num investimento de cerca de 60 milhões.

Segundo o Plano Nacional de Reformas, hoje divulgado, no âmbito da promoção da sustentabilidade e qualidade dos recursos hídricos, "num quadro marcado pelo efeito que as alterações climáticas têm sobre estes recursos, deve destacar-se o apoio a 25 projetos".

Trata-se de "intervenções estruturais de desobstrução, regularização fluvial e controlo de cheias, em zonas de inundações frequentes e danos elevados, envolvendo um investimento de cerca de 60 milhões de euros", refere o documento.

O Plano salienta ainda que já foi executada a reabilitação das linhas de água dos municípios afetados pelos incêndios de junho de 2017.

O Governo prevê também que em 2018 seja concluída a execução dos projetos de recuperação das linhas de água das autarquias abrangidas pelos fogos de outubro do ano passado.

Quanto aos investimentos no ciclo urbano da água, no âmbito do Portugal 2020, já foram aprovados mais de 530 projetos, envolvendo um investimento total de 456 milhões de euros.

Cerca de 75% dos projetos e 77% do investimento referem-se a sistemas de saneamento. O Plano Nacional de Reformas, apresentado pelo ministro das Finanças, Mário Centeno, avança que, nesta vertente, estão em análise mais de 115 candidaturas envolvendo 64 milhões de euros.

Lusa

  • Morte de português no Brasil poderá ter sido uma execução
    1:25
  • Canhões, porcelana e pimenta encontrados nos restos da Nau da Carreira da Índia
    3:54