País

Ministro prevê que nova ala pediátrica do S. João esteja pronta em dois anos

A nova ala pediátrica do hospital de São João, no Porto, deve estar concluída e pronta para acolher as crianças daqui a cerca de dois anos, estimou hoje o ministro da Saúde no Parlamento.


Numa resposta ao deputado Moisés Ferreira, do Bloco de Esquerda, o ministro da Saúde disse que o lançamento do concurso para projeto e obra da ala pediátrica daquele hospital do Porto será feito este ano.


"Teremos, no máximo, em dois anos e pouco as crianças a ser tratadas condignamente no novo espaço", afirmou o ministro Adalberto Campos Fernandes na comissão parlamentar de Saúde, lembrando que, entretanto, é necessário "melhorar a situação transitória" em que estão acolhidas as crianças.


O Bloco de Esquerda tinha interpelado o ministro, exigindo respostas concretas sobre quando começarão as obras da nova ala pediátrica do hospital de São João, no Porto.


Campos Fernandes lembrou que "não foi este Governo nem este primeiro-ministro que, duas vezes, foi a São João lançar pedras ou placas", numa referência ao anterior executivo.


Já numa audição parlamentar na semana passada, o ministro das Finanças, Mário Centeno, tinha referido que este Governo não faria lançamento de primeiras pedras sem um respetivo financiamento e planeamento, aludindo ao que fez o executivo de Pedro Passos Coelho.


A falta de condições de atendimento e tratamento de crianças com doenças oncológicas foi denunciada na semana passada por pais de crianças doentes que são atendidas em ambulatório e também na unidade do 'Joãozinho', para onde são encaminhadas quando têm de ser internadas no Centro Hospitalar de São João.

Lusa

  • Recusado pedido de detenção de Duarte Lima
    1:26

    País

    Um juiz das varas criminais não aceitou um pedido do Ministério Público para que Duarte Lima fosse detido nos próximos dias. A existência de recurso, ainda pendente no Tribunal Constitucional, terá condicionado a decisão do juiz.