País

São José segue o exemplo de outros hospitais que recorrem à telerradiologia durante a noite

São José segue o exemplo de outros hospitais que recorrem à telerradiologia durante a noite

O Hospital de São José vai ficar sem médicos radiologistas durante a noite, a partir de 1 de junho. A Ordem dos Médicos diz que vai ficar em causa a maior urgência do sul do país, que não vai poder prestar os cuidados que os doentes precisam. O Centro Hospitalar de Lisboa Central garante que segue o exemplo de outros hospitais no país e no estrangeiro, onde os relatórios dos exames de radiologia são feitos à distância através da teleradiologia.

  • Centro Hospitalar garante que utentes do S. José não serão prejudicados por falta de radiologista à noite

    País

    O Centro Hospitalar de Lisboa Central (CHLC) assegurou hoje que os utentes do Hospital de São José não vão ser prejudicados pelo recurso à telerradiologia, salientando contudo que esta é uma "solução limitada e transitória". Na quarta-feira, a Ordem dos Médicos e o Sindicato Independente dos Médicos denunciaram que o Hospital de São José, em Lisboa, vai deixar de ter, a partir de 1 de junho, um médico radiologista no local durante o período noturno.

  • Morte de português no Brasil poderá ter sido uma execução
    1:25
  • Canhões, porcelana e pimenta encontrados nos restos da Nau da Carreira da Índia
    3:54