País

PS Madeira vai requerer audição a responsáveis da Binter sobre voos cancelados

Os deputados socialistas na Assembleia da Madeira anunciaram sexta-feira que vão requerer uma audição no parlamento regional aos responsáveis da transportadora aérea espanhola Binter, sobre os cancelamentos de voos entre as ilhas do arquipélago.

Em comunicado, o grupo parlamentar socialista insular refere que vai levar este problema também ao ministro do Planeamento e Infraestruturas.

"A ligação aérea entre a Madeira e o Porto Santo é uma concessão com obrigações de serviço público, concessionada recentemente à transportadora Binter pelo Estado Português", dizem os deputados do PS insular, salientando que esta operação "não está a cumprir com o serviço público acordado aquando do acordo de concessão".

Os socialistas escrevem que os 12 cancelamentos conhecidos, alegadamente por "razões operacionais, deixam muitas dúvidas se, de facto, as razões evocadas, nestes dias, correspondem a essa natureza tipificada na Legislação".

No mesmo documento, o PS/Madeira refere que "atrasos e cancelamentos sucessivos em plena época estival, em que estas ligações são vitais para o Porto Santo, ultrapassa tudo o que é minimamente razoável".

No entender dos deputados socialistas regionais, "as notícias vindas a público e os relatos dos passageiros levam a crer que a Binter, além de não cumprir o Serviço Público a que está obrigada, está a dar prioridade às ligações que tem com as Canárias".

Para os socialistas, isto é uma evidência de "um claro incumprimento para com as responsabilidades de serviço público, bem como uma clara discriminação em relação aos madeirenses e porto-santenses".

O Governo Regional e diversas forças políticas madeirenses criticaram hoje a transportadora espanhola Binter pelos sucessivos cancelamentos de voos de ligação entre as ilhas da Madeira, exigindo uma solução por parte do executivo nacional.

Lusa

  • Acidente que vitimou duas pessoas em Pavia originou incêndio rural
    1:19

    País

    Um violento acidente em Pavia, no concelho de Mora, fez este sábado dois mortos e quatro feridos. As vítimas mortais são dois dos três ocupantes de um carro com matrícula estrangeira. O choque entre os dois veículos acabou ainda por dar origem a um incêndio rural que mobilizou 57 operacionais auxiliados por três meios aéreos.

  • Sobe para 43 o número de mortos na queda da ponte em Génova
    1:52
  • Temperaturas voltam a subir este fim-de-semana
    1:48

    País

    As temperaturas voltam a subir este fim-de-semana e podem rondar os 40º em algumas regiões do país. Há 15 distritos sob aviso amarelo devido ao calor e sete em alerta vermelho pelo risco de incêndio. O ministro da Administração Interna já decretou a situação de alerta até a próxima quarta-feira.

  • Daimler chama às oficinas um milhão de carros

    Economia

    O fabricante automóvel alemão Daimler pediu que um milhão de veículos sejam levados às oficinas por suspeita de terem um sistema para manipular as emissões de gases poluentes, afetando praticamente todas as classes, divulga este sábado um jornal.