País

Segurança Social vai disponibilizar serviços porta a porta nas zonas afetadas pelo fogo de Monchique

Pedro Nunes

Duas carrinhas com serviços de administração pública vão percorrer até à próxima quinta-feira as localidades afetadas pelo incêndio de Monchique, para prestar apoio às populações, anunciou esta sexta-feira o Instituto da Segurança Social (ISS).

Os dois "Espaços Móveis Cidadão", que entraram na quinta-feira em circulação, irão estar presentes nos concelhos de Monchique, Odemira, Portimão e Silves, de forma "a disponibilizar às populações que tenham mais dificuldade em deslocar-se, um conjunto de serviços porta-a-porta, em várias áreas da Administração Pública", adianta o ISS em comunicado.

Segundo a Segurança Social, as carrinhas irão percorrer seis freguesias, num total de 61 localidades, numa ação que se estende até ao dia 23 de agosto, altura em que haverá uma reavaliação das necessidades e ajuste dos itinerários, caso seja necessário.

"As unidades móveis estão devidamente sinalizadas, sendo o atendimento assegurado por diversos técnicos da Administração Pública, procurando identificar e apoiar situações desencadeadas pelos efeitos do incêndio", num trabalho que será feito em "estreita ligação" com as câmaras municipais.

As unidades irão estar presentes no dia 20 em Alferce e nos dias 17, 21, 22 e 23 de agosto em Monchique.O Concelho de Silves será percorrido pelas unidades móveis nos dias 16 e 17, Portimão no dia 20 e Odemira no dia 21, refere o ISS, sublinhando que as equipas presentes no terreno estão "devidamente identificadas".

Os "Espaços Móveis Cidadão" dispõem de vários apoios, como informação e emissão de certidões, informação sobre a situação dos veículos ardidos, renovação da Carta de Condução, emissão do Registo Criminal, emissão de Chave Móvel Digital (importante para suprir falta do Cartão do Cidadão a quem tenha ficado sem ele) e entrega de despesas médicas da ADSE para reembolso.

Os técnicos do Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana irão fazer o levantamento das situações de carência habitacional, em articulação com a Câmara Municipal competente, e irão prestar as informações necessárias para obtenção do apoio financeiro destinado à resolução dessas situações, através do programa Porta de Entrada.

Será também feito o diagnóstico e levantamento de situações a nível da agricultura por parte dos técnicos da Direção Regional de Agricultura e Pescas do Algarve.Já os técnicos da Segurança Social irão prestar apoio e acompanhamento social, de forma a poder tratar de subsídios eventuais, prestações sociais, sinalização para apoio médico e psicológico e encaminhamento para os respetivos serviços de saúde.

O Instituto do Emprego e Formação Profissional irá fazer o levantamento de situações de desemprego e empresas afetadas na sequência do incêndio, em articulação com os serviços da Segurança Social, e o Instituto dos Registos e do Notariado irá ajuda nos pedidos de Cartão de Cidadão e de segunda via de Documento Único Automóvel.

O incêndio rural de Monchique, que destruiu perto de 28 mil hectares, deflagrou em 03 de agosto e foi dado como dominado uma semana depois, no dia 10. Atingiu também o concelho vizinho de Silves, depois de ter afetado, com menor impacto, os municípios de Portimão (no mesmo distrito) e de Odemira (distrito de Beja).

Lusa

  • O tempo para hoje
    1:15

    País

    O Instituto Português do Mar e da Atmosfera prevê para hoje nebulosidade matinal no litoral Norte e Centro e de evolução no interior durante a tarde. Vento de noroeste no litoral oeste e nas terras altas.

  • Enfermeiros iniciam greve de dois dias 

    Economia

    Os sindicatos dos enfermeiros deram início, à meia noite, a dois dias de greve nacional que visa pressionar o Governo a apresentar uma contraproposta ao diploma da carreira de enfermagem.

  • Novos e-mails põem em causa valores da saída de Garay do Benfica
    2:44

    Desporto

    O pirata informático suspeito de ter desviado centenas de e-mails do Benfica revelou mais material, alegadamente comprometedor. Segundo uma mensagem alegadamente trocada entre Luís Filipe Vieira e Paulo Gonçalves, publicada esta quarta-feira na internet, o negócio da venda de Garay poderá ter sido feito por 13 milhões de euros e não por 6, como foi anunciado.

  • Saiba como escolher o melhor Plano Poupança Reforma
    8:32
  • Este pode ser um natal de sonho para os fãs de Harry Potter

    Mundo

    Os estúdios da Warner Brothers, em Londres, vão abrir as portas na época natalícia. Entre os dias 10 e 12 de dezembro o grande salão de Hogwarts servirá de cenário para um jantar que promete transportar os fãs de Harry Potter até ao imaginário de J.K. Rowling. Os bilhetes estão disponíveis a partir da próxima semana.

  • A imagem que está a emocionar a Índia

    Mundo

    A fotografia de um menino a despedir-se do pai, que morreu durante um acidente de trabalho, está a emocionar a Índia. Tanto que, num só dia, os internautas conseguiram angariar mais de três milhões de rupias (cerca de 36 mil euros) para ajudar a família.

    SIC

  • "Eu chupo e você?", a campanha contra as palhinhas que já dão multas no Brasil
    2:36

    Mundo

    A partir de hoje, o Rio de Janeiro vai multar até 340 euros todos os comerciantes que ofereçam palhinhas de plástico aos clientes. Em caso de reincidência, as multas podem ultrapassar os 1200 euros. Isto meses depois de ter sido lançada no país a campanha #paredechupar para eliminar os “canudos de plástico” que podem demorar mais de 400 anos a degradar-se. Só na União Europeia, são usadas 36,4 mil milhões de palhinhas todos os anos. Em todo o mundo, os números devem chegar aos mil milhões por dia.