País

Um dos suspeitos de roubar e agredir idosos na região centro em prisão preventiva

Um dos suspeitos de roubar e agredir idosos na região centro ficou em prisão preventiva. Os restantes quatro, ouvidos esta quinta-feira no Tribunal de Leiria, saíram em liberdade, com termo de identidade e residência. Foi detido, entretanto, um sexto suspeito.

Há meses que eram investigados pela suspeita de fazerem assaltos com recurso a violência extrema. As vítimas, 29 no total, são da região centro, onde os indíviduos com menos de 30 anos espalharam o terror.

Uma mulher de 85 anos morreu na zona de Pombal na sequência das agressões e outro idoso de Vila Verde, Figueira da Foz, continua sem falar depois de ter sido torturado durante hora e meia.

Além de investigadores da Diretoria do Centro e dos Departamentos de Investigação Criminal de Aveiro, Guarda e Leiria, a PJ contou com a colaboração e apoio de várias equipas da GNR e da PSP dos Comandos de Leiria e Coimbra.

  • Qual o perfil de alguém que espanca de forma violenta pessoas de 80 ou 90 anos?
    4:06

    País

    A pergunta é respondida pelo psicólogo forense, Mauro Paulino, na Edição da Noite da SIC Notícias. Para o especialista, está-se perante "um perfil que sugere uma ausência de remorso, de empatia e uma frieza emocional muito marcada". Cinco homens foram detidos pela PJ de Coimbra suspeitos de torturarem e roubarem vários idosos, durante a noite, nas suas casas. Estão identificados 19 casos de assalto violento e 29 vítimas em toda a região centro.

  • Pertual: Portugal em Mirandês
    19:02
  • O plástico invadiu a Biosfera
    5:45
  • PSD tem a maior queda e vê PS subir nas intenções de voto
    2:22
  • Muitos britânicos querem segundo referendo ao Brexit
    2:02