País

Dez agentes investigados pela morte de português em Manchester

Clodagh Kilcoyne

Dez agentes da Polícia da Grande Manchester, no norte de Inglaterra, estão a ser investigados pela morte do português André Moura após a sua detenção em julho, informou hoje o organismo fiscalizador da polícia.

"Três dos agentes foram informados de que estão sujeitos a uma investigação criminal e os outros sete foram informados de que há uma indicação antecipada de que o seu comportamento pode ser considerado má conduta grave", indicou a Agência Independente para a Conduta da Polícia (IOPC).

Todos os dez agentes estiveram no local da prisão de André Moura, de 30 anos, no dia 6 de julho em Oldham, onde a polícia foi chamada perto das 23:30 horas em Oldham devido a um "incidente doméstico". Após a detenção, Moura foi levado numa carrinha da polícia para o posto de Ashton-under-Lyne, onde foi encontrado inconsciente. Uma ambulância levou o português para o Hospital Tameside, onde foi confirmado que morreu por volta das 1:30 horas de sábado, 7 de julho.

Uma primeira autópsia não encontrou as razões da morte, pelo que as autoridades aguardam o resultado de mais testes, incluindo toxicológicos. Por ter morrido quando estava em custódia policial, a IOPC abriu uma investigação e entretanto recolheu e analisou imagens de videovigilância, filmagens feitas pelas câmaras usadas pelos agentes e vídeos feitos por cidadãos com telemóveis, além de ter interrogado vizinhos e testemunhas independentes.

A diretora regional do IOPC, Amanda Rowe, disse que a família estava a ser informada do decorrer da investigação. "Este é um caso muito sério e complexo, envolvendo um grande número de funcionários, o que requer uma investigação independente completa e rigorosa. No entanto, informar aos policiais que eles estão sujeitos a uma investigação criminal ou de má conduta não indica culpa", vincou.

Lusa

  • CP investiga avaria em alfa-pendular
    1:07

    País

    A CP abriu um inquérito para investigar uma avaria num alfa pendular, que esteve em risco de descarrilar, precisamente há uma semana. O comboio fazia a ligação entre Lisboa e Braga.

  • Ida para a SIC "foi uma decisão muito solitária"
    0:15
  • Uma gala, um anel e um pedido de casamento. O filme da noite da 70.ª edição dos Emmy
    1:13
  • A publicação dos U2 que irritou os fãs portugueses

    Cultura

    Num Altice Arena lotado, os U2 deram este domingo o primeiro de dois concertos em Lisboa. O balanço do espetáculo foi muito positivo mas o problema veio depois. Tudo por causa de uma publicação que a banda irlandesa fez no Twitter, a propósito de algumas das principais figuras portuguesas.

  • Serena Williams recusa pedir desculpa a árbitro português
    1:13

    Desporto

    Serena Williams abordou a polémica em torno da arbitragem na final do Open dos Estados Unidos da América, numa entrevista a um órgão de comunicação australiano. A tenista norte-americana afirmou que continua sem perceber a forma como foi tratada e defende que tem a razão do lado dela.

  • Juiz condenado a um ano e meio de prisão por violência doméstica
    1:34

    País

    O Tribunal da Relação de Guimarães condenou, esta segunda-feira, um juiz a um ano e meio de prisão com pena suspensa por violência doméstica. Vítor Vale terá ainda de pagar uma indemnização de 7500 euros à ex-companheira pelos danos causados pelas mensagens ofensivas e ameaçadoras.