País

Um dos dois últimos detidos no processo Hells Angels ficou em prisão preventiva

Um dos dois últimos detidos no processo Hells Angels ficou em prisão preventiva

Um detido no âmbito do processo Hells Angels ficou em prisão preventiva, enquanto outro saiu em liberdade, condicionada a apresentações às autoridades, e proibição de contactos e de frequentar vários locais, disse hoje um advogado. A PJ deteve na terça-feira mais dois suspeitos deste processo, um dos quais na zona do Porto, que foram ontem presentes ao Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa.

  • Saiba como pode ficar a pagar menos IMI
    7:11