País

"A luta contra a corrupção é uma luta pela transparência no exercício de cargos públicos"

Exclusivo SIC/Expresso - 2.ª parte

"A luta contra a corrupção é uma luta pela transparência no exercício de cargos públicos"

Joana Marques Vidal diz que não se pode cair na frase feita de que Portugal é um país de corruptos. Na entrevista exclusiva à SIC e ao Expresso, a mulher que abandonou a chefia do Ministério Público falou sobre a Operação Fizz, a detenção de José Sócrates, os processos do universo GES e a colaboração premiada.

  • "Seria saudável dar uma maior liberdade ao procurador-geral da República"
    16:10

    País

    Joana Marques Vidal diz estar convencida de que muitos dos elogios que lhe fizeram não foram sinceros e que outros estarão prontos para dizer mal dela a qualquer momento. Na entrevista exclusiva à SIC e ao Expresso, a mulher que abandonou esta sexta-feira a chefia do Ministério Público defende que o mandato do procurador-geral da República deveria ser único, mas que poderia ter a duração de nove anos.

  • "Sejamos claros, a Constituição prevê a renovação do mandato" de procuradora
    1:13

    País

    Joana Marques Vidal concorda com o mandato único para o procurador-geral da República mas não tem dúvidas que, atualmente, a lei não impedia a recondução. Na entrevista exclusiva à SIC e ao Expresso, que será emitida hoje e amanhã, a mulher que deixa hoje a chefia do Ministério Público deita assim por terra os argumentos utilizados pelo Governo e Presidente da República para a sua substituição.

  • Fechados num cofre documentos sobre Tancos enviados pela PGR ao Parlamento
    1:51

    Assalto em Tancos

    Joana Marques Vidal suspendeu o segredo de justiça no processo de Tancos, para enviar ao Parlamento os documentos com a lista de armamento militar encontrado na Chamusca. A suspensão do segredo de justiça por um período de tempo não determinado deixou na dúvida o presidente da Comissão Parlamentar de Defesa, que decidiu perguntar de volta o que deve fazer, enquanto mandava lacrar os documentos e fechá-los num cofre.

  • PGR suspende segredo de justiça e envia ao Parlamento lista de armas encontradas na Chamusca
    2:37

    Assalto em Tancos

    Joana Marques Vidal suspendeu o segredo de justiça no processo de Tancos para enviar ao Parlamento os documentos com a lista de armamento militar encontrado na Chamusca. A suspensão do segredo de justiça por um período de tempo não determinado deixou na dúvida o presidente da comissão parlamentar de defesa que decidiu perguntar de volta o que deve fazer, enquanto mandava lacrar os documentos e fechá-los num cofre.

  • Joana Marques Vidal diz que a Constituição prevê a possibilidade de renovação do mandato de procuradora
    0:22

    País

    Joana Marques Vidal diz que a Constituição prevê a possibilidade de renovação do mandato de procuradora geral da República. Uma entrevista que pode ver esta sexta-feira no Jornal da Noite da SIC e ler no jornal Expresso no sábado. Joana Marques Vidal, a primeira mulher nomeada Procuradora-Geral da República, teve o seu mandato marcado por vários casos mediáticos, entre os quais a prisão preventiva do ex primeiro-ministro José Sócrates. Cumpriu esta quinta-feira o seu último ato oficial no cargo ao dar posse ao procurador-geral-adjunto Albano Morais Pinto, que irá exercer funções na área criminal junto do Supremo Tribunal de Justiça.

  • Maria Leal reage à queixa do marido: "Ele quer é protagonismo"
    1:07
  • Tudo na mesma. Reunião dos 27 termina sem progressos sobre o Brexit
    1:41
  • O "amor cego" de Francisco por Maria Leal
    35:21
  • Greve dos enfermeiros vai no 5º dia e chega aos centros de saúde
    0:33

    País

    Os enfermeiros cumprem hoje o quinto dia de greve. Esta quinta-feira o protesto vai afetar também os centros de saúde. No Porto, o Centro de Saúde de Arca d'Água está a funcionar regularmente, apesar da paralisação. A garantia foi dada esta manhã pela diretora do estabelecimento de saúde, Dulce Pinto, que adiantou que todas as consultas canceladas têm estado a ser remarcadas.

  • A "bebé milagre" que nasceu com 635 gramas faz 1 ano

    Mundo

    Uma recém-nascida britânica foi apelidada pelos médicos de "bebé milagre" e é fácil perceber porquê: nasceu às 27 semanas de gestação, pesava 635 gramas e sofreu duas paragens cardíacas, que impediram o coração de bater durante 22 minutos. Esta quarta-feira, completou um ano de vida.