País

Anulado julgamento por falsificação de marroquino suspeito de terrorismo

Anulado julgamento por falsificação de marroquino suspeito de terrorismo

Decisão do Tribunal da Relação implica novo julgamento. O marroquino vai ser agora julgado por terrorismo.

Vai ser anulado o julgamento de um refugiado marroquino suspeito de ligações ao grupo extremista Daesh que estava a decorrer no Tribunal de Aveiro. Abdessalam Tazi estava acusado de crimes de falsificação, mas o Tribunal da Relação mandou julgar o arguido por crimes de terrorismo, contrariando a decisão do juiz de instrução, após recurso do Ministério Público.