País

OLX nega anúncio de venda de destroços do helicóptero que caiu em Valongo

OCTÁVIO PASSOS

Peças do Agusta A109S teriam surgido esta terça-feira à venda no site.

O OLX confirmou esta terça-feira que o alegado anúncio que vendia "peças/destroços" do helicóptero do INEM, que caiu no sábado em Valongo, e fez quatro mortos, é falso e nunca esteve na plataforma de comércio eletrónico.

"O anúncio em questão é falso e nunca esteve online no OLX, além de que o anúncio inclui detalhes que não são opções possíveis de incluir no OLX, como é o caso da marca e modelo do helicóptero", escreveu a plataforma num comunicado enviado às redações.

Peças do Agusta A109S teriam surgido esta terça-feira à venda no site OLX, já depois de várias pessoas terem afirmado que "teriam estado no local" onde o helicóptero se despenhou, na Serra de Santa Justa, em Valongo, no distrito do Porto, e retirado peças da aeronave.


  • Primeiro-ministro alerta para riscos de 2019
    2:31