País

DGS admite que hospitais podem não estar preparados para pico de gripe

DGS admite que hospitais podem não estar preparados para pico de gripe

A Direção-Geral da Saúde admite que o reforço nos hospitais pode não ser suficiente para fazer face ao pico da gripe. A situação mais crítica é esperada para a próxima semana, mas os serviços de saúde revelam já nesta altura debilidade no atendimento, sobretudo nas urgências.

  • "EUA continuam a andar para trás em direitos humanos"
    2:02
  • Uma visita personalizada ao museu da BMW
    4:17