País

Tempo de espera nas urgências é quatro vezes acima do recomendado

Espera nas urgência com tendência a aumentar no pico da gripe

Os doentes urgentes que dão entrada nos hospitais públicos esperam quatro vezes mais tempo do que o recomendado.

É um dos primeiros efeitos da epidemia de gripe. Os doentes urgentes dos hospitais do Montijo e Loures esperaram ontem, ao final do dia, quatro vezes mais do que o tempo recomendado.

Os dados do portal do Serviço Nacional de Saúde indicam que esta manhã a situação recuperou a normalidade, mas nos próximos dias, e talvez já nas próximas horas, espera-se maior afluência às urgências.

O jornal Público relata que o tempo de espera ultrapassa os 60 minutos em pelo menos dez hospitais, nomeadamente em Loures, amadora-Sintra, Montijo, São Francisco Xavier em Lisboa, Vila Franca de Xira, Santarém ou Torres Novas.

Mais a norte, em Penafiel os doentes com pulseira amarela, considerada urgente, chegam a esperar três horas para ser atendidos.