País

Ana Gomes anuncia aos Socialistas Europeus que não se recandidata

AMPE ROGÉRIO

A eurodeputada justifica a sua decisão por defender a limitação de mandatos, princípio que deve então aplicar a si própria, dado já ter cumprido três.

A eurodeputada Ana Gomes anunciou hoje ao grupo dos Socialistas e Democratas no Parlamento Europeu que não se recandidatará nas eleições de maio, decisão que revelou já ter comunicado ao secretário-geral do PS, António Costa, há quase um ano.


Ana Gomes, escreveu numa mensagem publicada na sua conta na rede social Twitter. "Anunciei hoje no meu grupo político que não me vou recandidatar a mandato no Parlamento Europeu (decisão que comuniquei ao secretário-geral do PS em fevereiro de 2018) "


Na mensagem publicada na versão em inglês, a deputada justifica a sua decisão por defender a limitação de mandatos, princípio que deve então aplicar a si própria, dado já ter cumprido três mandatos no Parlamento Europeu.

Ana Gomes, 64 anos, foi eleita pela primeira vez para o Parlamento Europeu, pelas listas do PS, em 2004, sendo reeleita em 2009 e 2014.

Nas mensagens hoje publicadas na rede social, Ana Gomes manifesta-se "muito sensibilizada" pelas "palavras apreciadoras" do seu contributo proferidas pelo líder do grupo S&D (Grupo da Aliança Progressista dos Socialistas e Democratas, no qual está integrada a delegação do Partido Socialista português), Udo Bullmann, por ocasião do seu anúncio.

As eleições europeias deste ano decorrerão entre 23 e 26 de maio (as urnas em Portugal abrirão dia 26), não tendo ainda o PS anunciado o seu cabeça-de-lista.

LUSA

  • "EUA continuam a andar para trás em direitos humanos"
    2:02
  • Uma visita personalizada ao museu da BMW
    4:17