País

Ministra diz que caso do médico afastado do INEM não mancha credibilidade do instituto

Ministra diz que caso do médico afastado do INEM não mancha credibilidade do instituto

"As instituições são muito mais do que casos", respondeu Marta Temido.

Questionada sobre o médico do INEM, investigado por ter recusado transportar alguns doentes, a ministra da Saúde respondeu que as instituições são muito mais importantes do que casos excecionais e que as instâncias próprias vão investigar e tirar consequências.

O médico foi afastado do INEM depois de ter, alegadamente, simulado uma doença para não transportar um doente, enquanto se encontrava numa corrida de touros.

António Peças é médico cirurgião do hospital de Évora e faz também trabalho para o INEM. Entretanto, foram divulgados outros dois casos que o INEM terá investigado e em que o médico terá, alegadamente, mostrado resistência em transportar doentes.