• Governo português desaconselha pemanência no norte de Moçambique

    Mundo

    O Governo português aconselhou esta quarta-feira os viajantes a evitarem a permanência em várias zonas da província de Cabo Delgado, no norte de Moçambique, afetadas por ataques atribuídos a "um movimento insurgente de matriz islâmica", restringindo as deslocações ao imprescindível.