Pequenas grandes histórias

Inventor dinamarquês responde em tribunal pela morte da jornalista sueca Kim Wall

Inventor dinamarquês responde em tribunal pela morte da jornalista sueca Kim Wall

Patrícia Almeida

Patrícia Almeida

Texto e edição

Jornalista

Começou esta quinta-feira o julgamento de Peter Madsen o inventor dinamarquês que está acusado do homicídio e desmembramento de uma jornalista sueca de 30 anos. Kim Wall foi dada como desaparecida a 10 de agosto, depois de ter embarcado para fazer uma reportagem num dos submarinos construído pelo inventor.

O corpo de Kim Wall deu à costa duas semanas depois do desaparecimento.

O dinamarquês acabou por assumir que desmembrou o corpo de Kim Wall, mas continua a insistir que não foi o responsável pela morte da jornalista.

O julgamento começou esta quinta-feira. Peter Madsen de 47 anos incorre numa pena de prisão de 15 a 17 anos, sem direito a liberdade condicional.