CAPA_SITE_02.jpg

Cartaz

SEGUNDA A SEXTA 14:30

Cartaz

Os “blockbusters” andam por aí...

Cartaz Cinema

Os “blockbusters” andam por aí...

João Lopes

João Lopes

Crítico de cinema

Foi em 1975, com o lendário “Tubarão”, que se iniciou a idade dos “blockbusters” de Verão. João Lopes recorda a evolução desse modelo de espectáculo, antecipando a estreia de “Homem Formiga e a Vespa”, precisamente um dos “blockbusters” da actual temporada.

Steven Spielberg está na origem industrial e mitológica da idade moderna dos “blockbusters”: o seu “Tubarão” mudou conceitos de espectáculo e também formas de gestão do mercado cinematográfico. Produzido há 43 anos, o filme tornou-se um clássico incontornável na história de Hollywood.

“Toy Story” (1995), de John Lasseter, recorda-nos que um dos capítulos fundamentais dos “blockbusters” tem a ver com a área da animação, em especial os desenhos animados digitais — com chancela dos estúdios Pixar, este filme ficou para a história como a primeira longa-metragem inteiramente digital.

Em 1939, o conceito de “blockbuster” ainda não existia. Mas é um facto que o cinema era um fenómeno eminentemente popular, de dimensões superiores às actuais. Desse ano, precisamente, “E Tudo o Vento Levou”, de Victor Fleming, surge como um título fundamental: uma saga da Guerra Civil americana, com o par Clark Gable/Vivien Leigh.

Este Verão, um dos destaques na área dos “blockbusters” será “Homem Formiga e a Vespa”, de Peyton Reed — mais uma proposta dos estúdios Marvel, centrada no super-herói que pode variar a sua dimensão, transformando-se num ser quase microscópico... Com Paul Rudd no papel central, contracenando com os veteranos Michelle Pfeiffer e Michael Douglas.

Na história dos “blockbusters”, outra marca universal que marcou as últimas décadas é a saga de “A Guerra das Estrelas”. O mais recente episódio, “Star Wars: Os Últimos Jedi” (2017), de Rian Johnson, já está disponível em Blu-ray.

* Banda sonora: “Lawrence da Arábia” (1962), de David Lean

> “Ouverture”, Maurice Jarre

  • Marine Le Pen de fora da Web Summit de Lisboa
    1:41
  • O meu corpo tem muitos anos
    27:49
  • 301 padres terão abusado de mais de 1.000 crianças nos EUA
    2:04

    Mundo

    Mais de 300 padres católicos do estado da Pensilvânia, nos EUA, são acusados do abuso sexual de mais de 1.000 crianças e jovens, ao longo de 70 anos. A acusação foi ontem divulgada, depois de dois anos de investigação às várias dioceses do estado.

  • Olhá Festa em Idães
    7:17