CAPA_SITE_02.jpg

Cartaz

SEGUNDA A SEXTA 14:30

Cartaz

Filme de Spike Lee denuncia o racismo

Filme de Spike Lee denuncia o racismo

João Lopes

João Lopes

Crítico de cinema

Distinguido com o Grande Prémio de Cannes, “BlacKkKlansman – O Infiltrado”, de Spike Lee, chega esta semana às salas portuguesas. João Lopes evoca outros momentos marcantes da filmografia de Spike Lee, comentando também a estreia de “Mulher que Segue à Frente”, com Jessica Chastain.

“BlacKkKlansman – O Infiltrado” baseia-se na história verídica de um polícia afro-americano do Colorado que, em 1979, conseguiu penetrar na rede da organização Ku Klux Klan. A partir de uma situação quase irónica, Spike Lee faz um filme profundamente trágico denunciando o racismo e, ao mesmo tempo, propondo uma subtil reflexão sobre a América dos nossos dias.

Jessica Chastain continua a apostar em personagens capazes de contrariar alguns clichés femininos, por vezes com componentes feministas. No caso de “Mulher que Segue à Frente”, de Susanna White, Chastain interpreta Caroline Weldon (1844-1921), uma pintora que defendeu os índios Sioux, tendo feito um retrato do lendário chefe Touro Sentado.

No DVD, o destaque vai para “O Meu Amigo Pete” (2017), de Andrew Haigh, um belo filme que passou algo despercebido nas salas. Nele se encena a história de um rapaz algo à deriva na vida familiar que começa a trabalhar no meio das corridas de cavalos, criando uma especialíssima relação com um cavalo (“Pete”) — com Charlie Plummer e Steve Buscemi.

Também através do DVD, evocamos “Malcolm X” (1992), um retrato do polémico e contraditório líder afro-americano, por certo um dos filmes mais importantes na obra de Spike Lee. O actor principal, Denzel Washington, é pai de John David Washington que agora podemos descobrir como protagonista de “BlacKkKlansman”.

* Banda sonora: “He Got Game” (1998), de Spike Lee

> “Fanfare for the Common Man”, Aaron Copland

  • A "pena maior" de Constantino Oliveira
    26:03
  • CNN vs. Donald Trump
    1:50