CAPA_SITE_02.jpg

Cartaz

SEGUNDA A SEXTA 14:30

Cartaz

Filme de Orson Welles demorou mais de 40 anos a concluir

Cartaz Cinema

Filme de Orson Welles demorou mais de 40 anos a concluir

João Lopes

João Lopes

Crítico de cinema

Mais de quatro décadas passadas sobre a sua rodagem, “O Outro Lado do Vento”, de Orson Welles, está, finalmente, disponível. João Lopes destaca também a estreia de um filme de animação que evoca a experiência jornalística do polaco Ryszard Kapuscinski.

Foi no começo da década de 70 que Orson Welles rodou “O Outro Lado do Vento”, sem ter conseguido meios financeiros para concluir o projecto. Trata-se de uma visão desencantada e cáustica dos bastidores do próprio cinema, centrada na figura de um cineasta interpretado por John Huston. A pós-produção do filme só recentemente foi terminada, estando disponível na Netflix — um acontecimento central neste ano cinematográfico.

“Mais um Dia de Vida”, de Raul de la Fuente, refaz as memórias de Ryszard Kapuscinski, em reportagem em Angola, no ano de 1975 — um testemunho de uma situação de conflito agudo, agora tratada através dos desenhos animados combinados com alguns materiais de arquivo.

Julianne Moore é uma cantora de ópera em “Bel Canto”, história de um recital interrompido por um acto de guerrilha. Com realização de Paul Weitz, o filme conta também com Christopher Lambert e Ken Watanabe no elenco.

Eryk Rocha é filho de Glauber Rocha, figura central do Cinema Novo brasileiro. O seu documentário — intitulado, precisamente, “Cinema Novo” — evoca as personalidades e os títulos desse importante movimento de renovação estética e política. Chegou agora ao mercado do DVD.

* Banda sonora: “Bohemian Rhapsody” (2018), de Bryan Singer - “Under Pressure”, Queen & David Bowie