E se fosse consigo?

Homofobia é o tema do próximo "E se fosse consigo?"

Homofobia é o tema do próximo "E se fosse consigo?"

"E se fosse consigo?" regressa na próxima segunda-feira. Desta vez o programa vai falar sobre homofobia e já há debate nas redes sociais.

  • Próximo programa é sobre a homofobia
    0:42

    Homofobia

    Na próxima segunda-feira o programa da SIC "E Se Fosse Consigo?" vai abordar a homofobia. Será que os portugueses estão dispostos a intervir ao verem casal homossexual a ser ofendido em público?

  • AMPLOS ajuda pais a lidarem com orientação sexual dos filhos
    2:43

    E se fosse consigo?

    No próximo programa "E se fosse consigo?" vai ser abordada a homofobia. Até que ponto a sociedade portuguesa respeita a orientação sexual de cada um? Até que ponto alguém está disposto a intervir quando vê um casal homossexual a ser insultado e ofendido em público? Ontem estreou na SIC a campanha da AMPLOS, que serve para combater o preconceito relativo à orientação sexual e à identidade de género. A Associação de Mães e Pais pela Liberdade de Orientação Sexual pretende chegar ao maior número de famílias possível. A rejeição por parte dos pais pode trazer consequências trágicas na vida dos filhos e esse é o alerta da campanha.

  • Campanha da AMPLOS quer combater o preconceito
    3:47

    E se fosse consigo?

    O próximo programa "E se fosse consigo?" vai abordar a homofobia. Para combater o preconceito relativo à orientação sexual e à identidade de género, a SIC estreou a campanha da AMPLOS. A Associação de Mães e Pais pela Liberdade de Orientação Sexual ajuda os pais a lidarem com a orientação sexual dos filhos. Susana e Marta são mãe e filha e são as protagonistas do "Isto é o que parece. Isto é amor", o título da campanha da associação.

  • Uma "mão invisível" ajudou a subir e manter o preço das ações do BCP. Pedro Coelho explica como
    3:42
  • O "amor cego" de Francisco por Maria Leal
    35:21
  • Comandante dos bombeiros da Figueira da Foz diz que demissão é "grito de revolta"
    7:52

    Tempestade Leslie

    O comandante dos Bombeiros Municipais da Figueira da Foz demitiu-se esta quarta-feira depois de ter sido acusado de ter abandonado o posto durante a tempestade Leslie. À SIC, Nuno Osório explica que a demissão é um “grito de revolta” pelas “difamações e mentiras” veiculadas na comunicação social e redes sociais. O comandante afirma ainda que se ausentou do terreno, mas apenas por volta das 05:00 da manhã de domingo por “necessidades pessoais”.

  • Circulação rodoviária e ferroviária suspensas devido a rotura de conduta em Alcântara
    3:35

    País

    O trânsito na Rua Maria Pia continua cortado, assim como a circulação ferroviária entre Ponte Santana e Alcântara-Terra. Tanto a rua como várias casas ficaram inundadas. O diretor de comunicação da EPAL, Marques Sá, garante que a empresa vai avançar com o processo de indemnização a quem foi afetado pelas inundações e anunciou que entretanto foi retomado o abastecimento de água nas três ruas afetadas.

  • Marcelo exige estratégia de combate à pobreza em Portugal
    2:52

    País

    Mais de um milhão de portugueses trabalham, mas vivem na pobreza, e mais de dois milhões estão em risco de exclusão social. São números alarmantes que levam o Presidente da República a exigir ao Governo uma estratégia de combate à pobreza em Portugal.

  • Saiba se a sua conta do Facebook foi afetada pelo ataque informático

    País

    O ataque informático ao Facebook a 25 de setembro expôs informações de 29 milhões de contas. Mas não pense que os afetados estão do outro lado do mundo ou que isso nunca acontece em Portugal. Para tirar as dúvidas, a rede social disponibilizou uma ferramenta que diz se a sua conta foi afetada ou não.

    SIC