Perdidos e Achados

O que é feito de Torres Couto?

Há 20 anos desaparecido, o Perdidos e Achados foi à procura de Torres Couto. Fundador da UGT, abandonou a central em 1995, por causa do chamado processo do Fundo Social Europeu. Este abandono acabou por ser o início do fim de uma carreira fulgurante.

Durante anos foi tido como um líder sindical visionário e um dos políticos mais influentes e respeitados. Respeito e influência que começou a perder quando surgiram as suspeitas de ter desviado dinheiros do Fundo Social Europeu.



José Manuel Torres Couto passou depois a ser capa de revistas cor-de-rosa. Ora por causa dos seus filhos adoptivos, ora por causa de divórcios e novos romances.



Neste Perdidos e Achados, Torres Couto fala de si, da sua família e sobretudo do processo que, tendo começado em 1995, acabou o ano passado com a absolvição de todos os arguidos.






Jornalista: Dulce Salzedas

Imagem: Pedro Cardoso

Edição: João Nunes

Produção: Eduarda Batalheiro; Diana Matias

Coordenação: Sofia Pinto Coelho

Direcção: Alcides Vieira