Perdidos e Achados

Onda Choc

A banda juvenil “Onda Choc” nasceu em 1987 e desde logo criou uma moda: pela primeira vez havia música feita por jovens e para jovens, cantada em português. O sucesso tornou-se tão grande que transformou imediatamente os pequenos cantores em autênticos superstar.

A ideia era simples mas inovadora: adaptar grandes êxitos internacionais à realidade dos adolescentes portugueses.



O sucesso foi tal que o grupo dava centenas de espectáculos de norte a sul do país. No Natal, a banda chegava a participar em quatro ou cinco concertos no mesmo dia.



Ao mesmo tempo, os discos de ouro transformaram os Onda Choc num fenómeno nacional. A banda começou desde cedo a marcar presença na televisão. Iam a todos os programas, em todos os horários, numa altura em que só havia a RTP para milhões de portugueses.



Ao longo de dez anos, os Onda Choc venderam mais de um milhão de discos. Lançaram o último álbum em 1999. Ainda voltaram a subir ao palco uns anos depois mas já não conseguiram o impacto de outros tempos.



No Perdidos e Achados desta semana relembra o sucesso desta banda juvenil e mostra o que é feito de alguns dos pequenos cantores que fizeram furor naquela época.






Jornalista: Diana Matias

Imagem: Hugo Neves

Edição: João Nunes

Produção: Madalena Durão

Coordenação: Sofia Pinto Coelho

Direcção: Alcides Vieira