Última Edição

0
0:05

Última Edição

1
1:31

Primeiro-ministro garante que não havia margem para baixar impostos

2
0:36

Primeiro-ministro diz que Estado não vai intervir na PT

3
1:04

PS acusa Passos de "encomendar" conclusões da comissão de inquérito ao BES

4
3:35

Buscas ao grupo BES incluíram Novo Banco e as residências de Amilcar Morais Pires e Ricardo Salgado

5
2:24

Governador do BdP responde ao professor universitário que o desmentiu

6
2:28

Auditoria ao BES detetou transferências de centenas de milhões para offshore

7
2:03

Rioforte fixou vencimentos milionários quando a empresa já estava falida

8
3:26

Autoridades turcas detêm 190 jihadistas estrangeiros em trânsito

9
2:27

Mário Soares e Manuel Alegre garantem que vão ao congresso do PS

10
1:32

Treinador e presidente do Estoril lamentam adiamento do encontro

11
0:28

Presidente felicita grupos de cante alentejano e quem contribuiu para distinção

Opinião e Análise

Publicidade

Inquérito

Facebook

Parlamento Global SIC Europa
8

Pedro Passos Coelho garante que confia totalmente na Justiça, numa referência indirecta ao caso José Sócrates durante a entrevista que deu, esta noite, à RTP. Acrescenta ainda que é um motivo de satisfação ver a justiça atuar independente das hierarquias. O primeiro-ministro disse mesmo que ninguém está acima da lei. Em vésperas de congresso do maior partido da oposição, Passos Coelho volta a pedir mais compromissos ao PS mesmo antes das eleições. Sobre a PT, diz que não quer nacionalizar a empresa, assim como não quis nacionalizar o BES. Sobre o futuro, não revela se vai a eleições coligado com o CDS-PP.  

28/11/2014 00:36
1:41

Paulo Baldaia, José Gomes Ferreira e António José Teixeira analisaram alguns pontos da entrevista feita, esta noite, a Pedro Passos Coelho, na RTP. O o diretor da TSF enalteceu a insistência feita pelo primeiro-ministro à lei da criminalização do enriquecimento ilícito.

28/11/2014 00:33
1:31

Sobre o orçamento para 2015, o primeiro-ministro garante que não havia margem para baixar os impostos. Pedro Passos Coelho disse, numa entrevista à RTP, que para tal é preciso cortar mais na despesa, mas admitiu que a carga fiscal em Portugal é muito elevada.

28/11/2014 00:33
2:01

Pedro Passos Coelho garante confiar totalmente na justiça. Uma referência indireta ao caso José Sócrates durante a entrevista que deu, esta noite, à RTP. Diz o primeiro-minstro que ver a justiça atuar independentemente das hierarquias, é um motivo de satisfação, já que ninguém está acima da lei.

28/11/2014 00:28
0:36

Sobre a crise na Portugal Telecom, o primeiro-ministro deixou claro que o Estado não vai intervir porque não pretende nacionalizar a empresa. A declaração foi feita, esta noite, durante uma entrevista à RTP.

28/11/2014 00:22
0:48

Na reação à entrevista desta quinta-feira do primeiro-ministro, o PS rejeita qualquer hipótese de compromissos com a maioria PSD/CDS-PP. Vieira da Silva diz que o Partido Socialista tem um caminho próprio.

28/11/2014 00:20
0:30

O PCP considera que Pedro Passos Coelho ignorou os verdadeiros problemas dos portugueses e que está apostado em condenar o país a mais sacrifícios.

28/11/2014 00:20
2:04

Sobre o colapso do BES, o primeiro-ministro diz não ter dúvidas de que os responsáveis foram os gestores do banco e não a falta de supervisão bancária. Na entrevista que deu, esta noite, à RTP, Pedro Passos Coelho elogiou o trabalho do governador do Banco de Portugal no caso BES.

28/11/2014 00:19
1:04

O Partido Socialista defende que o primeiro-ministro anunciou um pré-aumento de impostos. Sobre o caso BES, o PS acusa Pedro Passos Coelho de ter encomendado as conclusões da comissão parlamentar de inquérito.

28/11/2014 00:18
3:35

Hoje foi dia de buscas das autoridades no grupo BES. Da sede do Novo Banco, às residências de Amilcar Morais Pires e de Ricardo Salgado, as autoridades passaram tudo a pente fino, apreenderam milhares de documentos e material informático.

28/11/2014 00:13
CT: LIST
X

Sabia que o seu Internet Explorer está desatualizado?

Para usufruir da melhor experiência de navegação na nossa página web recomendamos que atualize para uma nova versão. Por favor faça a atualização aqui .