• PAN apela à fiscalização da lei que impede autarquias de abater animais sem dono
    2:25

    País

    A partir de 23 de setembro, as câmaras municipais deixarão de poder abater animais errantes, os chamados vadios, sem dono. O PAN alerta para a necessidade de fiscalização, numa altura em que 145 municípios portugueses ainda não dispõem de centros de recolha oficial, nem estabeleceram protocolos com outras entidades, o que resulta no abate de milhares de animais.

  • Os melhores momentos dos 5 anos do príncipe George
    1:38
  • Dispara sobre a avó, foge à polícia e faz reféns num supermercado nos EUA
    1:37

    Mundo

    O homem que ontem barricou-se no interior de um supermercado nos Estados Unidos acabou por ser entregar à polícia, depois de fazer reféns cenca de 30 clientes. No estabelecimento comercial, o suspeito disparou sete vezes sobre a avó e baleou mortalmente uma outra jovem. Do incidente há ainda dois feridos graves a registar.

  • O verão fugiu para norte: a vaga de calor sem precedentes na Europa
    1:03

    Mundo

    O norte da Europa está a atravessar uma onda de calor sem precedentes. A Suécia já pediu ajuda internacional para combater os incêndios que estão a assolar o país desde a semana passada. Com os termómetros a bater nos 40 graus, até a Sibéria está em estado de alerta.

  • Festival de música de Marvão com um convidado especial
    1:58
  • Cirque du Solei em formação na Maia
    3:29

    Cultura

    O Cirque du Soleil está a fazer formação na Salto, a escola internacional de circo da Maia que recebeu acrobatas de todo o mundo para participar num curso de artes circenses.

  • Leste/Oeste com Nuno Rogeiro
    15:47

    Opinião

    A cimeira entre Trump e Putin, as celebrações do Mundial na Croácia e a França, a divisão na Síria e o acordo comercial entre a União Europeia e o Japão são os temas em análise esta semana.

    Nuno Rogeiro

  • O Tabu de Francisco Louçã
    21:29

    Opinião

    Francisco Louçã esteve esta sexta-feira na Edição da Noite da SIC Notícias para mais um Tabu. Em análise, a morte do João Semedo; o fim da sessão legislativas e como os partidos da maioria se relacionam; e ainda os efeitos da cimeira Putin-Trump.

  • Opinião

    Pedro Cruz

    Eça, o meu conterrâneo que se definia como sendo "apenas um pobre homem da Póvoa de Varzim" não haveria de gostar de nada que fosse obrigatório. Durante décadas, Os Maias lá estiveram, quem sabe numa progressista lista pós-revolução, dada a natureza "sexual e incestuosa" da obra. Sai dessa lista agora. Claro que sai. "Ninguém" gostava de "ter de" ler Os Maias.

    Pedro Cruz