Última Edição

0
0:05

Última Edição

1
2:54

Cavaco Silva volta a pedir consenso político no último discurso no 25 de abril

2
3:21

Oposição critica discurso de Cavaco Silva, maioria em sintonia com Presidente

3
1:15

"Presidente da República tem que ser o presidente de todos e de todas"

4
4:14

Partidos lembram os 40 anos das eleições livres

5
1:57

Número de vítimas mortais, no Nepal, continua a subir

6
1:47

Qualidade dos tratamentos oncológicos não é igual em todo o país

7
2:38

Corrida no Douro para dar a conhecer o Património da Humanidade

8
2:12

Motorista acusado de abusos conhece sentença dia 8 maio

9
1:14

Angelina Jolie critica inação da ONU em pôr fim à guerra na Síria

10
0:59

Ronaldo fez criança chorar de emoção antes do jogo com Atlético Madrid

11
3:39

Portugal tem a melhor estrada do mundo

12
2:35

Exposição de Legos no Campo Pequeno

16:34 11.11.2013

Mulher acusada de matar filho recém-nascido julgada este mês em Vagos

Vagos, 11 nov (Lusa) - O Tribunal de Vagos vai começar a julgar este mês uma professora acusada de ter matado um bebé que acabara de dar à luz, ao esconder o recém-nascido na bagageira do seu automóvel.

O caso remonta a 11 de maio de 2011, quando a mulher, de 42 anos, entrou em trabalho de parto, na casa de banho da escola onde lecionava, no concelho de Vagos, e deu à luz "um feto de idade gestacional superior a 37 semanas, sem quaisquer malformações orgânicas ou disfuncionais".

Depois de cortar o cordão umbilical do recém-nascido, a arguida colocou-o dentro de dois sacos de plástico, na bagageira do carro, onde permaneceu dois dias e acabou por morrer asfixiada, refere o Ministério Público (MP).

Comentários

ATENÇÃO:ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.
Publicidade

Agora

Inquérito

Facebook

Mais Populares

Comentários

Publicidade

Agora

Inquérito

Facebook

Mais Populares

País

Publicidade

Agora

Inquérito

Facebook

Mais Populares

CT: NEWS
X

Sabia que o seu Internet Explorer está desatualizado?

Para usufruir da melhor experiência de navegação na nossa página web recomendamos que atualize para uma nova versão. Por favor faça a atualização aqui .