Última Edição

0
0:05

Última Edição

1
1:40

Miguel Albuquerque quer diálogo firme com a República

2
0:57

PSD manifesta disponibilidade para trabalhar com Miguel Albuquerque

3
0:41

PS reconhece derrota na Madeira mas retira significado nacional

4
1:53

Portas fala em resultado "consistente e sustentado" do CDS na Madeira

5
1:11

Jerónimo considera vitória de Albuquerque continuidade da política de Jardim

6
0:51

Catarina Martins salienta eleição de dois deputados do BE na Madeira

7
0:26

Coligação Mudança destaca importância da elevada abstenção

8
1:49

Movimento Juntos Pelo Povo foi a surpresa da noite eleitoral na Madeira

9
3:11

O afastamento político e pessoal de Jardim e Albuquerque

10
0:48

"A manter esta atitude, dificilmente alguém vai ganhar a Portugal"

11
1:29

Ilídio Vale feliz por tudo ter corrido bem a Portugal

12
1:21

Costa reforça que níveis de emprego em Portugal regrediram 20 anos

13
2:47

Autoridades montaram perímetro de segurança para orações pela tragédia nos Alpes

14
1:34

Mudança da hora afetou principalmente quem trabalhou este domingo

15
2:37

Concerto surpresa dos GNR na baixa do Porto

16:34 11.11.2013

Mulher acusada de matar filho recém-nascido julgada este mês em Vagos

Vagos, 11 nov (Lusa) - O Tribunal de Vagos vai começar a julgar este mês uma professora acusada de ter matado um bebé que acabara de dar à luz, ao esconder o recém-nascido na bagageira do seu automóvel.

O caso remonta a 11 de maio de 2011, quando a mulher, de 42 anos, entrou em trabalho de parto, na casa de banho da escola onde lecionava, no concelho de Vagos, e deu à luz "um feto de idade gestacional superior a 37 semanas, sem quaisquer malformações orgânicas ou disfuncionais".

Depois de cortar o cordão umbilical do recém-nascido, a arguida colocou-o dentro de dois sacos de plástico, na bagageira do carro, onde permaneceu dois dias e acabou por morrer asfixiada, refere o Ministério Público (MP).

Comentários

ATENÇÃO:ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.
Publicidade

Agora

Inquérito

Facebook

Mais Populares

Comentários

Publicidade

Agora

Inquérito

Facebook

Mais Populares

País

Publicidade

Agora

Inquérito

Facebook

Mais Populares

CT: NEWS
X

Sabia que o seu Internet Explorer está desatualizado?

Para usufruir da melhor experiência de navegação na nossa página web recomendamos que atualize para uma nova versão. Por favor faça a atualização aqui .