sicnot

Perfil

Cultura

Portugal de fora da nova digressão da cantora norte-americana Madonna

A cantora norte-americana Madonna anunciou hoje uma nova digressão internacional, a "Rebel Heart Tour", que começa a 29 de agosto em Miami, nos Estados Unidos, e passará pela Europa no final do ano, mas Portugal fica de fora.

Reuters

A digressão assentará no novo álbum, "Rebel Heart", a editar na próxima semana, e inclui mais de trinta concertos nos Estados Unidos, Porto Rico, Canadá e Europa, onde a cantora atuará na Alemanha, Reino Unido, República Checa, Itália ou Espanha, com espetáculo já marcado para 24 de novembro em Barcelona.

Contactado pela agência Lusa, o promotor Nuno Brancaamp, responsável pelo concerto de Madonna em 2012 em Coimbra, afirmou que "em princípio [a cantora], não deverá vir".

"Rebel Heart" será o 13º álbum de estúdio de Madonna e é editado no dia 10, embora grande parte das canções já tenha sido disponibilizada e divulgada na Internet, sem o consentimento da cantora.

"Living for love", que a cantora interpretou na semana passada em Londres nos Brit Awards, é o single de avanço do novo álbum.

A "M.D.N.A. Tour", a última digressão de Madonna, contou com cerca de 70 concertos, incluindo uma passagem por Coimbra, e rendeu com mais de 173 milhões de euros
  • PSD e CDS assinalam 36º aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro
    1:38

    País

    O presidente do PSD deixou críticas ao Partido Comunista, este domingo, a propósito do aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro. Pedro Passos Coelho lembrou os festejos dos comunistas na altura, numa resposta a quem questionou a abstenção dos sociais-democratas ao voto de pesar a Fidel Castro, que o PCP levou ao Parlamento. Este domingo, tanto o PSD como o CDS-PP prestaram homenagem a Sá Carneiro e Adelino Amaro da Costa.