sicnot

Perfil

Cultura

Sangue Novo abre hoje a 44.ª edição da ModaLisboa

O desfile do projeto Sangue Novo, destinado a jovens em início de carreira, abre hoje a 44.ª edição da ModaLisboa, que decorre em vários locais da zona do Terreiro do Paço com apresentação de coleções para o próximo inverno.

Os desfiles hoje arrancam às 18:00, no Pátio da Galé, com o projeto destinado a jovens finalistas de cursos de Design de Moda ou que estejam a iniciar a sua marca, em que serão apresentadas propostas de Banda (Tiago Loureiro e Aloísio Rodrigues), Cristina Real, David Catalán, Duarte (Ana Duarte), Inês Duvale, M HKA (Felícia Macedo e Alexandre Pereira), Patrick de Pádua, Patrícia da Costa, Rúben Damásio e Tânia Fonseca.

Também no Pátio da Galé serão apresentadas as coleções de Ricardo Andrez (19:30) e de Dino Alves (22:00) e , nos Paços do Concelho, as de Olga Noronha e Catarina Oliveira (ambas às 19:30), que nesta edição 'saltam' do Sangue Novo para a plataforma LAB, dedicada aos novos talentos.

Mas a ModaLisboa é mais do que desfiles, acessíveis apenas por convite.

Nesta edição, regressa o Wonder Room, uma 'pop-up store' (loja temporária) de marcas nacionais, que terá as portas abertas ao público no espaço do BPI na Praça do Município, de hoje a domingo, entre as 15:00 e as 21:00.

De regresso está também a "Workstation", uma exposição fotográfica que vai sendo montada ao longo dos três dias de ModaLisboa. 

Entre hoje e domingo, os fotógrafos Gonçalo Borges Dias, Gonçalo Villaverde e Rita Carmo irão registar momentos desta edição, que poderão ser vistos na Sala do Risco, no Pátio da Galé.



JRS // ROC



Lusa/Fim

  • Nuno Espírito Santo volta a desenhar no quadro
    6:54

    Desporto

    O treinador do FC Porto usou hoje de novo o marcador para desenhar e assim tentar explicar-se melhor. Foi na conferência de imprensa de antevisão do jogo com o Sporting de Braga. "Sei que isto vai ser motivo de brincadeira, crítica e análise", disse. "Não reparem no desenho, prestem atenção ao conteúdo".

  • "A frase que mais ouço quando digo que sou blogger é: 'Mas dá para viver disso?'"

    Web Summit

    É certo e sabido que a internet e as redes sociais abriram as portas a novas realidades laborais e sobretudo a oportunidades profissionais espalhadas um pouco por todo o mundo. Portugal não foge à regra e é cada vez mais uma parte desse todo, como o demonstra a organização da WebSummit para o triénio 2016-18. Foi precisamente por lá que encontramos a Sara Riobom, uma engenheira industrial convertida à blogosfera e a fazer vida disso mesmo.

    Martim Mariano