sicnot

Perfil

Cultura

Ativistas adiam lançamento de balões com o filme "A Entrevista" para Coreia do Norte

Ativistas sul-coreanos adiaram hoje o lançamento de milhares de cópias do filme de Hollywood "A Entrevista" para a Coreia do Norte, depois de críticas de Seul e ameaças de resposta militar por parte de Pyongyang. 

(Reuters/ Arquivo)

(Reuters/ Arquivo)

© Rick Wilking / Reuters

Os ativistas tinham anunciado que iriam usar balões gigantes para lançar para o outro lado da fronteira 500.000 panfletos anti-Coreia do Norte e 10.000 DVD da comédia sobre um complô para assassinar o líder norte-coreano Kim Jong-un.

 

A data prevista para o lançamento, 26 de março, marca o aniversário do ataque, em 2010, a uma embarcação sul-coreana, que Seul considerou ser da responsabilidade de um submarino norte-coreano.

 

No domingo, o exército da Coreia do Norte avisou que iria responder aos ativistas disparando contra os balões "com todos os meios" disponíveis entre as unidades fronteiriças.

 

Qualquer resposta seguinte da Coreia do Sul implicaria "impiedosos ataques de retaliação", indicou o exército norte-coreano em comunicado.


Lusa

  •  Sony limita acesso à estreia de "A Entrevista" após ataque informático

    Mundo

    A Sony Pictures Entertainment vai avançar com o lançamento do filme "A Entrevista", mas as "estrelas" do filme não vão prestar as habituais declarações à imprensa. Esta semana, o grupo que reclama a autoria do ataque informático à Sony exigiu o cancelamento do lançamento do filme, uma comédia em torno da conspiração para assassinar o líder da República Popular da Coreia do Norte.

  • E agora?
    15:07

    Reportagem Especial

    Há uma semana, Portugal voltou a ser palco de uma tragédia que matou pelo menos 44 pessoas e deixou cerca de 70 feridas. Os incêndios destruíram mais de 800 casas, dezenas de empresas e explorações agropecuárias, mataram milhares de animais e consumiram uma gigantesca área de floresta. A reportagem da SIC andou pelo concelho de Tondela, onde três pessoas morreram e onde o levantamento de prejuízos materiais ainda não está concluído.

  • Temperaturas vão subir até 4ª feira

    País

    As temperaturas vão subir até esta quarta-feira, prevendo-se máximas entre os 22 e os 29 graus na generalidade do território, valores acima do normal para a época do ano, adiantou hoje a meteorologista Maria João Frada.

  • TAP recruta mais assistentes de bordo
    2:40

    Economia

    A TAP assegura que, ainda durante o mês de outubro, os problemas com falta de tripulação vão terminar. Até ao final do ano, vão ser contratados novos assistentes de bordo. Ainda assim, o sindicato diz que não chega.