sicnot

Perfil

Cultura

Ativistas adiam lançamento de balões com o filme "A Entrevista" para Coreia do Norte

Ativistas sul-coreanos adiaram hoje o lançamento de milhares de cópias do filme de Hollywood "A Entrevista" para a Coreia do Norte, depois de críticas de Seul e ameaças de resposta militar por parte de Pyongyang. 

(Reuters/ Arquivo)

(Reuters/ Arquivo)

© Rick Wilking / Reuters

Os ativistas tinham anunciado que iriam usar balões gigantes para lançar para o outro lado da fronteira 500.000 panfletos anti-Coreia do Norte e 10.000 DVD da comédia sobre um complô para assassinar o líder norte-coreano Kim Jong-un.

 

A data prevista para o lançamento, 26 de março, marca o aniversário do ataque, em 2010, a uma embarcação sul-coreana, que Seul considerou ser da responsabilidade de um submarino norte-coreano.

 

No domingo, o exército da Coreia do Norte avisou que iria responder aos ativistas disparando contra os balões "com todos os meios" disponíveis entre as unidades fronteiriças.

 

Qualquer resposta seguinte da Coreia do Sul implicaria "impiedosos ataques de retaliação", indicou o exército norte-coreano em comunicado.


Lusa

  •  Sony limita acesso à estreia de "A Entrevista" após ataque informático

    Mundo

    A Sony Pictures Entertainment vai avançar com o lançamento do filme "A Entrevista", mas as "estrelas" do filme não vão prestar as habituais declarações à imprensa. Esta semana, o grupo que reclama a autoria do ataque informático à Sony exigiu o cancelamento do lançamento do filme, uma comédia em torno da conspiração para assassinar o líder da República Popular da Coreia do Norte.

  • A casa dos horrores
    7:57
  • PGR e presidente do Supremo deixam recado à ministra da Justiça
    2:45

    País

    Durante a abertura do ano judicial, a Procuradora-Geral da República e o presidente do Supremo Tribunal aproveitaram para deixar um recado à ministra da Justiça: é urgente aprovar o novo estatuto de juízes e magistrados. O presidente do Supremo diz que é injusta a má imagem da Justiça e pediu contenção aos magistrados.

  • Rui Rio tem sentido "alguma turbulência" no PSD
    2:01

    País

    Rui Rio e Pedro Passos Coelho tiveram esta quinta-feira a primeira reunião, desde que foi eleito o novo líder do PSD. À saída, Passos Coelho desejou que esta transição decorra com naturalidade. Já Rui Rio disse que tem sentido alguma turbulência no partido.

  • Sindicatos rejeitam fim das baixas médicas até três dias
    2:02

    País

    A CGTP quer levar o tema das baixas médicas à Concertação Social, já a UGT diz que há outras matérias prioritárias. Ainda assim as duas centrais sindicais lembram que a não justificação de faltas pode dar origem a um despedimento por justa causa. Esta quinta-feira o bastonário da Ordem dos Médicos propôs ao Governo que acabe com as baixas de curta duração, até três dias.

  • Papa interrompe percurso no Chile para ajudar polícia
    0:21
  • "Mundo à Vista" no Gana
    7:38