sicnot

Perfil

Cultura

Cavaco Silva recorda Herberto Helder, "nome cimeiro da cultura portuguesa"

O Presidente da República lembrou hoje o poeta Herberto Helder como "nome cimeiro da cultura portuguesa", sublinhando a forma como a sua escrita marcou a literatura portuguesa das últimas décadas.

LUSA

"Dotado de rara imaginação e sensibilidade, a sua obra sobressai pela originalidade, a coerência e o rasgo de génio com que se afirmou desde o primeiro livro e que sempre lhe foi reconhecido pelos seus leitores", lê-se uma mensagem do chefe de Estado, Aníbal Cavaco Silva, enviada aos familiares do poeta, que morreu na segunda-feira aos 84 anos.

Na missiva, Cavaco Silva endereça ainda as suas sinceras condolências aos familiares e amigos do poeta.

Herberto Helder Luís Bernardes de Oliveira nasceu a 23 de novembro de 1930 no Funchal. A Morte sem Mestre foi o último livro do poeta, publicado pela Porto Editora em junho de 2014.