sicnot

Perfil

Cultura

Morreu o jornalista Tolentino da Nóbrega

Morreu hoje no Funchal o jornalista Tolentino da Nóbrega. 

SIC

O correspondente do jornal Público para a Madeira tinha 63 anos. Faleceu de doença prolongada. Era jornalista há 40 anos, sempre na Madeira. Antes do jornal Público, colaborou com o Comércio do Funchal e depois no Diário de Notícias da Madeira.

Em 1998 foi distinguido com o Prémio Gazeta e em 2006 foi condecorado pelo Presidente da República, Jorge Sampaio com o grau de comendador da Ordem do Infante D. Henrique.

Licenciado em pintura pela Escola de Belas Artes da Madeira, o jornalista dedicou-se ainda ao ensino, tendo sido professor de Desenho e Geometria na Escola Secundária Francisco Franco.

Vicente Jorge Silva lembra que Tolentino da Nóbrega era "um resistente" ao jardinismo

O ex-diretor e fundador do Público disse hoje que o jornalista Tolentino da Nóbrega foi "um verdadeiro resistente do período jardinista".

Em declarações à agência Lusa, Vicente Jorge Silva lamenta a morte do "amigo" e lembra que "Tolentino era uma pessoa de uma rara coragem, foi alvo dos atentados da FLAMA [Frente de Libertação da Madeira, movimento que defendia a independência da Região no período pós 25 de abril de 1974] e sofreu muito ao longo do período jardinista, foi um verdadeiro resistente, nunca desistiu, tinha uma combatividade e persistência admiráveis".

"O Tolentino de Nóbrega era um dos meus amigos mais chegados na Madeira e foi muito importante para mim no jornal Comércio do Funchal, que fizemos juntos, era um dos mais próximos colaboradores para a parte gráfica e paginação", disse. 



 
Com Lusa
  • Não há risco de colapso do viaduto de Alcântara
    1:35

    País

    O desvio de um pilar do viaduto de Alcântara obrigou esta quarta-feira ao corte do trânsito e da circulação de comboios da linha de Cascais. O estrago terá sido provocado por um camião que embateu na estrutura. A circulação ferroviária foi retomada a meio da manhã, mas o viaduto só será reaberto esta quinta-feira.

  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Romeu e Julieta nasceram no mesmo dia e no mesmo hospital

    Mundo

    Na Carolina do Sul, nos EUA, dois bebés tinham o parto marcado para 26 de março mas decidiram nascer mais cedo: exatamente no mesmo dia, apenas com uma diferença de 18 horas. Os pais não se conheciam e, curiosamente, deram o nome aos recém nascidos de Romeo e Juliet (em português, Romeu e Julieta).

  • Gelo nos polos recua para recordes mínimos

    Mundo

    A extensão de gelo polar dos oceanos Ártico e Antártico atingiu recordes mínimos a 13 de fevereiro, perdendo o equivalente a uma área maior do que o México, informou esta quarta-feira a agência espacial norte-americana NASA.

  • Túmulo de Jesus Cristo restaurado

    Mundo

    Após 10 meses de obras de restauro, o túmulo onde Jesus Cristo terá sido sepultado foi esta quarta-feira revelado numa cerimónia na igreja do Santo Sepulcro, em Jerusalém.