sicnot

Perfil

Cultura

Gonçalo M. Tavares em digressão pelos Estados Unidos e Canadá

O escritor Gonçalo M. Tavares vai estar em digressão nos Estados Unidos, durante o final de abril e início de maio, participando em quatro palestras sobre a sua obra. 

unknown

O autor inicia a viagem em Nova Inglaterra, com uma palestra na Universidade de Boston, no Centro para o Estudo da Europa, no dia 29 de abril. 

No dia seguinte, estará na Universidade de Massachusetts, em Dartmouth.

A iniciativa acontece no Center for the Public Humanities and American Studies e terá o título "Leituras e conversas com Gonçalo M. Tavares".

No dia 01 de maio, o escritor falará no Departamento de Línguas e Culturas da Universidade de Rochester, no Estado de Nova Iorque. 

Gonçalo M. Tavares parte depois para o Canadá, onde termina a digressão com uma palestra na convenção anual da Northeast Modern Language Association, que acontece a 02 de maio.

Os livros do escritor já foram traduzidos em 35 línguas e estão disponíveis em 48 países.

Nos Estados Unidos, a revista "New Yorker" escreveu que o autor "tem o dom - assim como Flann O'Brien ou Kafka ou Beckett - de revelar como a lógica pode ser tanto uma fiel ferramenta para a loucura como para a razão."

Em Portugal, Tavares recebeu vários prémios entre os quais o Prémio José Saramago, em 2005, e o Prémio LER/Millennium BCP 2004, o Grande Prémio de Conto da Associação Portuguesa de Escritores "Camilo Castelo Branco", o Prémio Branquinho da Fonseca/Fundação Calouste Gulbenkain e o Prémio Revelação e o Grande Prémio de Romance e Novela da Associação Portuguesa de Escritores. 

Foi ainda distinguido com o Prémio Fernando Namora de Melhor Livro Ficção, o Prémio Portugal Telecom de Literatura e o Prémio Fundação Inês de Castro, entre outros.

Lusa
  • Gonçalo M. Tavares lança um novo livro
    3:17

    Cultura

    Gonçalo M. Tavares tem um novo livro que poderá ser adaptado ao teatro. Chama-se "Uma Menina está Perdida no seu Século à Procura do Pai" e tem como protagonista uma menina com trissomia 21.

  • Roger Moore, o ator que foi 007 e um Santo
    1:26

    Cultura

    Morreu Roger Moore. O ator britânico tinha 89 anos e morreu na Suíça, vítima de cancro. Ficou conhecido pelo mítico papel de James Bond entre os anos 70 e 80, tendo sido o ator que mais tempo se manteve no papel. Em 2003, foi condecorado pela rainha Isabel II e tornou-se Sir Roger Moore.

  • Ucrânia limita utilização do russo na televisão

    Mundo

    O Parlamento da Ucrânia aprovou esta terça-feira uma lei que determina que três quartos dos programas televisivos dos canais nacionais devem ser transmitidos em ucraniano, medida que visa limitar o uso da língua russa naquele país.