sicnot

Perfil

Cultura

Morreu Ben E. King, a voz de "Stand By Me"

O cantor norte-americano Ben E. King, conhecido pela música "Stand By Me", que se tornou um êxito mundial em 1961, morreu hoje, com 76 anos, anunciou o porta-voz do músico.

Chris Pizzello

De acordo com Phil Brown, em declarações à agência de notícias France-Presse, King morreu de causas naturais.

O cantor vivia atualmente em Nova Jersey.

Segundo a agência de notícias, o cantor Gary U. S. Bonds, que colaborou com King, escreveu na sua página na rede social Facebook que ele era "uma das mais doces, gentis e talentosas almas" que teve o privilégio de conhecer e de chamar amigo por mais de 50 anos.

Ben E. King era o nome artístico de Benjamin Earl Nelson. O cantor nasceu em Henderson, na Carolina do Norte, tendo-se mudado para o Harlem, em Nova Iorque, aos nove anos. É nesta cidade que King começa a sua carreira.

A canção "Stand By Me", que o tornou mundialmente famoso, foi escrita inicialmente para outra banda antes de King a ter gravado.

A música foi lançada em 1961, mas teve várias regravações e foi adaptada centenas de vezes em vários géneros musicais.

"Stand by me" tornou-se a quarta música mais passada nas rádios e televisões norte-americanas no século XX, com mais de sete milhões de difusões, segundo a empresa discográfica BMI.

A canção inspirou o filme de 1968 "Stand By Me", um drama realizado por Rob Reiner, e voltou a aparecer num comercial a umas calças de ganga.

Já este ano, a Livraria do Congresso norte-americano escolheu a "Stand By Me" para o seu registo nacional de gravações de "tesouros americanos".

Ben E. King permaneceu ativo nos últimos anos de vida e continuou a fazer digressões.

Também criou a Fundação Stand By Me, com sede na sua casa em Teaneck, Nova Jersey, que apoiava a educação de jovens.


Lusa
  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marcelo diz que é hora de valorizar o poder local
    0:40

    País

    O Presidente da República diz que este é o momento para valorizar o poder local. Sobre a descida da Taxa Social Única, Marcelo Rebelo de Sousa recusou comentar e negou que haja crispação politica entre Governo e oposição.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a líder da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleições em vários países, como a Alemanha e a Holanda.