sicnot

Perfil

Cultura

Morreu Ben E. King, a voz de "Stand By Me"

O cantor norte-americano Ben E. King, conhecido pela música "Stand By Me", que se tornou um êxito mundial em 1961, morreu hoje, com 76 anos, anunciou o porta-voz do músico.

Chris Pizzello

De acordo com Phil Brown, em declarações à agência de notícias France-Presse, King morreu de causas naturais.

O cantor vivia atualmente em Nova Jersey.

Segundo a agência de notícias, o cantor Gary U. S. Bonds, que colaborou com King, escreveu na sua página na rede social Facebook que ele era "uma das mais doces, gentis e talentosas almas" que teve o privilégio de conhecer e de chamar amigo por mais de 50 anos.

Ben E. King era o nome artístico de Benjamin Earl Nelson. O cantor nasceu em Henderson, na Carolina do Norte, tendo-se mudado para o Harlem, em Nova Iorque, aos nove anos. É nesta cidade que King começa a sua carreira.

A canção "Stand By Me", que o tornou mundialmente famoso, foi escrita inicialmente para outra banda antes de King a ter gravado.

A música foi lançada em 1961, mas teve várias regravações e foi adaptada centenas de vezes em vários géneros musicais.

"Stand by me" tornou-se a quarta música mais passada nas rádios e televisões norte-americanas no século XX, com mais de sete milhões de difusões, segundo a empresa discográfica BMI.

A canção inspirou o filme de 1968 "Stand By Me", um drama realizado por Rob Reiner, e voltou a aparecer num comercial a umas calças de ganga.

Já este ano, a Livraria do Congresso norte-americano escolheu a "Stand By Me" para o seu registo nacional de gravações de "tesouros americanos".

Ben E. King permaneceu ativo nos últimos anos de vida e continuou a fazer digressões.

Também criou a Fundação Stand By Me, com sede na sua casa em Teaneck, Nova Jersey, que apoiava a educação de jovens.


Lusa
  • Tragédia de Vila Nova da Rainha foi há uma semana
    7:18
  • Escutas da Operação Marquês "não podem servir de prova"
    1:36

    Operação Marquês

    As defesas de José Sócrates e de Ricardo Salgado queixam-se que as escutas do processo Marquês estão infetadas por um vírus informático. Os advogados dizem que tal como estão as escutas não podem servir de prova. No entanto, o Ministério Público diz que estão reunidas as condições para começar a contar o prazo para a abertura de instrução.

    Luís Garriapa

  • Saco azul do BES pagou a 106 pessoas e 96 avenças ocultas
    2:21

    Economia

    Pelo menos 106 pessoas receberam dinheiro da Espírito Santo Enterprises, a companhia offshore criada nas Ilhas Virgens Britânicas e que terá funcionado como um gigantesco saco azul do Grupo Espírito Santo. O jornal Expresso revelou os primeiros vinte nomes da lista, entre os quais estão Zeinal Bava, antigo CEO da PT, e Manuel Pinho, ex-ministro da economia do Governo de José Sócrates.

  • Admirável mundo novo
    16:17