sicnot

Perfil

Cultura

Dia dos Museus celebra-se hoje com 430 atividades em 70 museus do país

O Dia Internacional dos Museus vai decorrer hoje com 430 atividades, entre concertos, visitas guiadas e ateliês, em 70 museus do país, coordenados pela Direção-Geral do Património Cultural (DGPC).  

reuters

O Dia Internacional dos Museus é dedicado este ano ao contributo dos espaços museológicos para promover uma sociedade sustentável. 

"Museus para uma sociedade sustentável" é o tema proposto pelo Conselho Internacional de Museus (sigla ICOM, em inglês), entidade que promove a iniciativa para as comemorações, instituída em 1997, com o objetivo de reforçar os laços dos museus com a sociedade.

O programa integra anualmente espetáculos de teatro, música e dança, palestras, maratonas de leitura e ateliês para crianças, entre outras iniciativas.

Em declarações à agência Lusa sobre as celebrações, Nuno Vassallo e Silva, diretor-geral do Património Cultural, o objetivo é refletir sobre "em que media os museus, conservando, expondo, dialogando com as suas coleções, contribuem para uma maior consciencialização para preservar, encontrar um equilíbrio com o meio ambiente e qual a resposta que cada um deve dar às transformações que nos rodeiam".

Sobre o facto de o dia 18 de maio calhar este ano a uma segunda-feira -- dia em que os museus costumam estar fechados - o responsável assinalou que foi decidido manter a data oficial, em vez de a antecipar para domingo.

A Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais convocou uma greve nacional, às horas extra, para hoje, apontando que "os trabalhadores do setor chegam a fazer 18 horas seguidas de trabalho, numa clara violação de todos os normativos legais, relativos à duração diária de trabalho, à laboração contínua e ao trabalho extraordinário".

  • A fuga dos PIDES
    20:08
  • Dominado incêncio no centro de tratamento de resíduos da Tratolixo
    1:55

    País

    O fogo na Tratolixo, em Trajouce, deflagrou esta segunda-feira à noite. As chamas foram controladas a meio da manhã pelos bombeiros. No local estão 133 operacionais, apoiados por 51 veículos. O fogo não fez vítimas nem danos materiais. O vento dificultou o combate às chamas.

  • Duas execuções no mesmo dia pela primeira vez em 17 anos nos EUA

    Mundo

    O estado norte-americano do Arkansas (sul) executou, na noite de segunda-feira, dois condenados à morte, o que sucede pela primeira vez em 17 anos no país, anunciou a procuradora-geral daquele estado. Jack Jones e Marcel Williams, condenados separadamente na década de 1990 à pena capital por violação e assassínio, receberam uma injeção letal depois de diferentes tribunais terem rejeitado os respetivos recursos, afirmou Leslie Rutledge, em comunicado.