sicnot

Perfil

Cultura

"As mil e uma noites", de Miguel Gomes, soma elogios da crítica em Cannes

"As mil e uma noites", os três filmes de Miguel Gomes sobre Portugal e a austeridade, foram exibidos esta semana no Festival de Cannes, onde foram recebidos em clima de elogio pela crítica internacional.

O Som e a Fúria

Este  tríptico, composto pelos filmes "O inquieto", "O desolado" e "O encantado", inspirado nos contos populares árabes de "As mil e uma noites", foi selecionado para a Quinzena dos Realizadores, uma das iniciativas paralelas ao festival, e mereceu o aplauso da imprensa presente em Cannes.

O filme tem hoje referência de primeira página no jornal francês Libération, que o descreve como um "épico", "um organismo narrativo mutante", que tem por base a realidade portuguesa perante um governo que impôs políticas de austeridade, entre 2013 e 2014.

Na edição de hoje, o Le Monde escreve que a obra é "uma epopeia fantástica, uma canção de amor aos derrotados da História, que são os portugueses de uma Europa em crise".

A propósito de "O desolado", por exemplo, a revista Sound & Sight refere-se à "inexplicável sedução do cinema surrealista", sublinhando que Miguel Gomes apresenta uma obra singular e original, inovadora e "inexplicavelmente agradável de ver". A Variety fala de um "festim sensual e intelectual".

Na publicação Indiewire lê-se que "As mil e uma noites" é, até agora, um "dos mais memoráveis, distintivos e mágicos filmes do festival", enquanto o Télerama escreve: "Obra monumental e atípica composta por três filmes, entre ficção e documentário, sobre um Portugal atingido pela crise".

Já o Hollywood Reporter afirma que a obra de Miguel Gomes é um "testemunho do poder das histórias feitas para entreter", mas também das que "cristalizam as preocupações" dos espetadores, embora alerte que o conjunto dos três filmes, totalizando seis horas, terá a vida dificultada para uma estreia comercial em França.

Para os críticos de Cannes, numa votação que é feita durante o festival, "As mil e uma noites" é o quarto melhor filme exibido nesta edição, logo a seguir a "The assasssin", de Hou Hsiao Hsien, "Cemetery of splendour", de Apichatpong Weerasethakul, e "Carol", de Todd Haynes.

De acordo com a revista Première, "O inquieto", o primeiro filme, terá estreia comercial em França a 24 de junho.

"As mil e uma noites" traça a história de um país mergulhado numa crise económica, em austeridade e desemprego, misturando realidade e a fantasia dos contos populares, narrados pela rainha persa Xerazade.

O filme, que se reparte em três volumes - decisão tomada pelo realizador durante a montagem - parte de reportagens feitas pelos jornalistas Maria José Oliveira, Rita Ferreira e João de Almeida Dias, sobre portugueses que sofreram com as medidas impostas pela "troika".

Rodado em película, o filme é uma coprodução entre Portugal, França e Alemanha, e tem um orçamento de 2,7 milhões de euros. Deverá estrear nos cinemas portugueses em outubro.

A atriz Crista Alfaiate interpreta o papel de Xerazade. O elenco inclui atores profissionais e amadores, como Adriano Luz, Carloto Cotta, Gonçalo Waddington, Joana de Verona, Rogério Samora, Margarida Carpinteiro e Cristina Carvalhal, entre outros.


Lusa
  • Os melhores do mundo pela FIFA da última década

    Desporto

    O português Cristiano Ronaldo e o argentino Lionel Messi têm repartido de forma igual os prémios de melhor jogador do mundo pela FIFA, na última década. Apesar destes dois nomes serem os mais falados, muitos outros jogadores foram nomeados para o prémio. Conheça a lista dos nomeados e dos vencedores desde 2007.

  • Tudo o que precisa saber sobre a moção de censura

    País

    O Governo minoritário do PS enfrenta na terça-feira a sua primeira moção de censura, a 29.ª em 43 anos de democracia, mas PCP, BE e PEV já anunciaram que vai "chumbar" a iniciativa do CDS-PP. Esta é a sétima moção de censura apresentada pelo CDS-PP e a 29.ª a ser discutida na Assembleia da República. Os três partidos de esquerda que têm apoiado o executivo, PCP, BE e PEV, já anunciaram que votam contra. Com os votos do PS, a moção é chumbada.

  • "Avançámos em primeiro lugar com incentivos às empresas"
    18:07

    Economia

    O ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, esteve na Edição da Noite da SIC Notícias para falar do que pode ser feito depois da tragédia dos incêndios que assolou o país na última semana. O governante diz que já avançou com incentivos às empresas afetadas e que neste momento o mais importante é preservar a segurança das pessoas.

    Entrevista SIC Notícias

  • Santana Lopes lamenta que Rui Rio tenha recusado debates com as bases do PSD
    0:40

    País

    Pedro Santana Lopes lamenta que Rui Rio tenha recusado a realização de debates com as bases do partido. Fernando Negrão, responsável pela candidatura de Santana Lopes à presidência do PSD, já tinha advertido em comunicado que a posição de Rui Rio poderia também inviabilizar quaisquer outros frente a frente, incluindo os organizados pela comunicação social. Santana Lopes está na Guarda, no primeiro jantar com apoiantes desde que anunciou a candidatura.

  • Gémeas correm risco de vida se não saírem de Gaza

    Mundo

    Duas irmãs gémeas siamesas correm risco de vida enquanto permanecerem em Gaza. Quem diz é o médico Alam Abu Hamba, do Hospital de Shifra, que garante que "situação complicada" das meninas não pode ser tratada por médicos no território costeiro, atulamente bloqueado pelo Egito e por Israel. Abu Hamba espera que o casal de gémeas possa ser transferido para fora da separação.

  • Encontrado corpo de menina posta de castigo na rua pelo pai

    Mundo

    Sherin Mathews estava desaparecida desde o dia 7 de outubro. Este domingo a polícia do estado norte-americano do Texas encontrou o corpo de uma criança que acreditam ser a menina de três anos, desaparecida depois de o pai a colocar de castigo na rua, durante a madrugada.

    SIC