sicnot

Perfil

Cultura

Polícia nega investigação sobre envenenamento de B.B. King

A polícia de Las Vegas, EUA, afastou na terça-feira a hipótese B. B. King ter sido envenenado, considerando as alegações das filhas do músico como "infundadas" e afirmando que não serão investigadas.

Rogelio V. Solis

Os médicos legistas dizem não ter encontrado, até agora, qualquer prova de crime na morte da lenda do blues, apesar de garantirem que estão a tomar em consideração todas as alegações.

King morreu a 14 de maio, aos 89 anos, em Las Vegas, onde vivia. Nas últimas duas décadas da sua vida, o músico sofreu de diabetes de tipo 2.

Duas das suas filhas, Karen Williams e Patty King, acreditam que o pai foi envenenado pelo seu agente LaVerne Toney e pelo seu assistente pessoal, segundo noticiou o portal E!.

"Acredito que o meu pai foi envenenado e que lhe foram administradas substâncias estranhas para induzir a morte prematura", escreveram as filhas em depoimentos separados, pedindo uma investigação formal.

  • Incêndios em Portugal - um mês depois
    9:10

    Reportagem Especial

    Regressar a casa para refazer a vida é tudo o que querem as famílias a quem o fogo levou quase tudo, há cerca de um mês. Contudo, esse regresso não tem sido fácil. Depois dos incêndios, famílias e empresas ainda têm de vencer as burocracias. A Reportagem Especial deste sábado regressa a Seia, onde arderam mais de 70 casas de primeira habitação e onde a vida de muitos parece ter entrado num impasse.

  • CIP contra 600€ de salário mínimo, ameaça boicatar iniciativas do governo
    1:28

    Economia

    O presidente da Confederação Empresarial de Portugal (CIP) está contra o aumento do salário mínimo para 600€. Em entrevista conjunta à Antena1 e ao Jornal de Negócios, o presidente António Saraiva considerou a proposta "uma luta partidária" dos comunistas com o Bloco de Esquerda" e ameaça boicotar a presença em iniciativas publicas, promovidas pelo executivo.