sicnot

Perfil

Cultura

O Bando estreia "Ausência" sobre o vazio que fica com a emigração

Fixar a imagem do vazio que fica quando alguém emigra, foi o ponto de partida da peça "Ausência", que O Bando estreia na quinta-feira, em Palmela, disse à Lusa fonte da companhia.

cm-palmela.pt

cm-palmela.pt

Vocacionada para a infância e juventude, mas também para os adultos, a peça assenta num trabalho realizado por Isabel Atalaia, em colaboração com escolas do concelho, muitas das quais rurais, que consistiu na captação de fotografias nas quais as crianças revissem o conceito de falta, ou da noção que elas têm do que está ausentes, já que muitas dessas crianças têm alguém da família ou conhecido que partiu, explicou à Lusa Raul Atalaia, cooperante e um dos elementos da direção da cooperativa O Bando e um dos intérpretes de "Ausência".

"Todos sabiam o que é a ausência, explica-lo é que não era de todo fácil", referiu, acrescentando que o texto, da autoria de João Neca -- o outro ator da peça -- trabalhou depois sobre essa ideia da pessoa que se desloca assim como da relação que ela tem do lugar de onde vem e para onde vai.

São pessoas que "estão ocupadas com a lembrança do que deixam e a esperança do local para onde vão", razão por que, também por isso, este é um espetáculo feito com grandes condições de mobilidade porque é um espetáculo sobre "um viajante em busca de um território", precisou Raul Atalaia.

Para o ator, que é também o responsável pela área de internacionalização da companhia, a mobilidade que pauta toda a conceção do espetáculo visa também levar a peça às escolas, "uma forma de devolver à comunidade" aquilo que ela já lhes deu.

"Ausência" é uma coprodução internacional com o Dynamo Théâtre de Montreal (Canadá) no âmbito de um projeto que a companhia com sede em Palmela desenvolve há três anos com cinco companhias de teatro estrangeiras em torno de temas como pobreza, migrações e movimentação de pessoas pelo mundo.

Além da companhia portuguesa, o projeto, que obteve apoio da Comissão Europeia, mobiliza uma companhia de Itália, uma de Inglaterra, duas do Canadá (Montreal e Vancover) e uma australiana.

"Ausência" tem direção de Nicolas Brites e é uma cocriação de Jacqueline Gosselin, do Dynamo Théâtre, que há cerca de duas semanas, estreou, em Montreal, a peça "Immigrant d´intérieur" , no qual Nicolas Brites foi cocriador.

A peça, com cenografia de João Brites, música de Jorge Salgueiro e figurino e adereços de Clara Bento, vai estar em cena de quinta-feira a sábado, às 21:00, e aos domingos, às 17:00, até 13 de dezembro.

Lusa

  • Paulo Fonseca e Paulo Sousa fora da Liga Europa

    Liga Europa

    A segunda mão dos 16 avos-de-final da Liga Europa ficou marcada pelas eliminações de duas equipas treinadas por portugueses: a Fiorentina de Paulo Sousa e o Shakhtar Donetsk de Paulo Fonseca. Paulo Bento, no Olympiacos, e José Mourinho, no Manchester United, são os únicos técnicos lusos ainda em competição. Noutros jogos, destaque para os afastamentos do Tottenham e do Zenit. Veja aqui os resumos de todos os encontros desta noite europeia. O sorteio dos oitavos-de-final está agendado para esta sexta-feira, às 12h00, hora de Lisboa.

  • PSD questiona funcionamento da Assembleia da República
    2:39

    Caso CGD

    O PSD e o CDS vão entregar esta sexta-feira no Parlamento o pedido para criar uma nova Comissão de Inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos. Os dois partidos reuniram-se esta quarta-feira para fechar o texto do requerimento. Durante o dia, o PSD considerou que o normal funcionamento da Assembleia da República está em causa, o que levou Ferro Rodrigues a defender-se e a garantir que está a ser imparcial.

  • Marcelo rejeita discussões menores na banca
    0:32

    Economia

    O Presidente da República avisa que não se devem introduzir querelas táticas e menores no sistema financeiro. Num encontro que reuniu publicamente Marcelo e Centeno, o Presidente diz que é preciso defender o interesse nacional.

  • Casos de cancro nos pulmões diminuem
    3:08

    País

    O mapa do cancro em Portugal está a mudar, pela primeira vez os casos de cancro do cólon ultrapassaram os do pulmão. A proibição de fumar em locais públicos tem levado à diminuição dos casos de tumores pulmonares.

  • Túnel descoberto em cadeia brasileira tinha ligação a uma habitação
    0:44

    Mundo

    A polícia brasileira descobriu um túnel que ligava a cadeia de Porto Alegre a uma casa e serviria para libertar prisioneiros do estabelecimento. As autoridades detiveram sete homens e uma mulher no local. A construção permitiria uma fuga massiva que poderia chegar aos 200 mil fugitivos e estima-se que terá custado mais de 300 mil euros. A polícia do Rio Grande do Sul acredita, assim, ter impedido aquela que seria a maior fuga de prisioneiros de sempre no Estado brasileiro.

  • Três dos planetas encontrados podem conter água e vida
    3:28