sicnot

Perfil

Cultura

Festivais de música com mais de 1,8 milhões de espectadores

Os festivais de música realizados este ano em Portugal somaram mais de 1,8 milhões de espectadores, de acordo com dados compilados e revelados hoje pela Associação Portuguesa dos Festivais de Música (Aporfest).

Numa altura em que as promotoras de festivais preparam o ano de 2016, com anúncios de bandas e venda de bilhetes, a associação faz um balanço do que aconteceu este ano, tendo contabilizado 210 festivais de música.

O Meo Sudoeste, na Zambujeira do Mar, com 188.000 espectadores em cinco dias de concertos, foi o que registou mais público, seguindo-se o Nos Alive (Algés), com 155.000 espectadores em três dias, e o festival do Crato (Portalegre), com 100.000 em quatro dias.

De acordo com a Aporfest, o número de 210 festivais deverá ser revisto, porque algumas promotoras não comunicaram ainda a realização de festivais. No entanto, o número representa um aumento de realização de eventos, comparando com os 156 festivais realizados em 2014.

Este ano aconteceram 58 novos festivais, entre os quais o Caixa Ribeira, no Porto, e o Piknic Eléctronik Lisboa, mas houve 31 festivais que em 2015 não tiveram qualquer edição, como o Fusing, na Figueira da Foz.

O calendário de festivais de 2016 conta já com várias datas anunciadas e cabeças-de-cartaz revelados.

O Boom Festival, que é bienal e acontecerá no concelho de Idanha-a-Nova de 11 a 18 de agosto de 2016, é o primeiro a esgotar, tendo vendido os bilhetes via Internet em 34 dias.

Foram já anunciadas a datas de festivais como Rock in Rio Lisboa (20, 21, 26, 27 e 28 de maio), Nos Primavera Sound (de 09 a 11 de junho, Porto), Sumol Summer Fest (24 e 25 de junho, Ericeira), Nos Alive (07, 08 e 09 de julho, Algés), Meo Marés Vivas (14 a 16 de julho, Gaia), Super Bock Super Rock (14 a 16 de julho, Lisboa), Meo Sudoeste (03 a 07 de agosto, Zambujeira do Mar), Vodafone Paredes de Coura (de 17 a 20 de agosto), Bons Sons (12 a 15 de agosto, Cem Soldos) e Reverence Festival Valada (08 a 10 de setembro, Cartaxo).

Lusa

  • Primo de Sócrates já foi notificado
    1:48
  • Morreu o jornalista Pedro Rolo Duarte

    País

    Morreu Pedro Rolo Duarte. O jornalista tinha 53 anos e não resistiu a um cancro. Pedro Rolo Duarte estava internado nos cuidados paliativos do Hospital da Luz, em Lisboa. Trabalhou em imprensa, na rádio e na televisão.