sicnot

Perfil

Cultura

Quadro de Monet torna-se a pintura mais cara a ser arrematada em leilão na China

O quadro de Claude Monet "La châpelle de Notre-Dame de Grâce, Honfleur" tornou-se a pintura mais cara a ser arrematada em leilão na China, ao ser vendida por 20,7 milhões de yuan (2,9 milhões de euros).

O negócio foi consumado este fim de semana, num leilão organizado pela leiloeira chinesa Xiling Yinshe, na cidade de Hangzhou, capital da província de Zhejiang, na costa leste do país, avançou a agência oficial Xinhua.

O valor pago pelo quadro de Monet, datado de 1864, destrona assim o "Grand Vase aux Danseurs", pintado pelo espanhol Pablo Ruiz Picasso numa base de cerâmica, como o maior negócio na China envolvendo uma obra ocidental.

A pintura de Picasso foi vendida em abril passado por 3,03 milhões de yuan (450.199 euros), pela filial chinesa da leiloeira Christie's.

Nos últimos anos, outras obras de importantes pintores europeus, dos últimos dois séculos, incluindo o próprio Picasso e o seu compatriota Salvador Dalí, foram também leiloados na China, mas sempre por valores abaixo dos três milhões de yuan.

No total, 12 obras ocidentais foram vendidas no leilão deste fim de semana, por um total de 52,8 milhões de yuan (7,4 milhões de euros)

  • As vantagens de comprar online
    8:03
  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Filho de Trump critica mayor de Londres por palavras de 2016

    Ataque em Londres

    Donald Trump Júnior criticou o presidente da Câmara de Londres logo a seguir ao ataque de quarta-feira que fez três mortos e mais de 40 feridos. O filho de Presidente publicou no Twitter uma reação a uma declaração de Sadiq Khan de setembro de 2016. Para o Presidente dos EUA, o ataque em Londres é "uma grande notícia".

  • Marcelo reuniu-se com líderes europeus para falar do futuro da UE
    2:31

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa esteve esta quarta-feira em Bruxelas e participou numa homenagem às vítimas do atentado em Bruxelas, onde colocou uma coroa de flores junto ao monumento.O Presidente da República esteve também reunido com os líderes das principais instituições europeias para falar sobre o futuro da UE.