sicnot

Perfil

Cultura

David Bowie pela primeira vez no primeiro lugar do top norte-americano

O último álbum de David Bowie, "Blackstar", lançado dois dias antes da morte do músico britânico, atingiu o primeiro lugar na lista de vendas de música nos Estados Unidos, de acordo com os dados publicados no domingo pela Billboard.

© Stefan Wermuth / Reuters


Esta foi a primeira vez que um álbum de David Bowie subiu ao lugar cimeiro do top norte-americano, segundo a Billboard, que faz a recolha de dados de vendas de álbuns, naquele mercado.

Durante a última semana, de acordo com a mesma fonte, foram vendidos mais de 181 mil exemplares de "Blackstar", destronando "25", de Adele, que ocupava o primeiro lugar há sete semanas.

Após a morte do criador de "Heroes", as vendas de todos os seus discos aumentaram, e nove outros álbuns regressaram ao "Top 200" da Billboard.

"Best of Bowie" atingiu o quarto lugar e o álbum de 1973 "The rise and fall of Ziggy Stardust and the spiders from Mars" ficou na fronteira dos "20 mais", ao ser o 21.º disco mais vendido no mercado norte-americano, na última semana.

No Reino Unido, "Blackstar" entrou diretamente para o primeiro lugar.

Os dados são conhecidos quando se completa uma semana sobre a morte de David Bowie, em Nova Iorque, ocorrida a 10 de janeiro, dois dias depois de ter completado 69 anos, altura em que publicou o seu último álbum, "Blackstar".

Na noite de domingo, na Union Chapel, em Londres, realizou-se um concerto em memória de David Bowie, com a interpretação de "Ziggy Stardust" pela banda The Feathers e a cantora Maggie Ronson, irmã de Mick Ronson, antigo guitarrista de Bowie.

Lusa

  • Confirmados dois novos casos de legionella

    Legionella

    Dois novos casos de legionella foram esta quarta-feira confirmados. A informação foi avançada em comunicado pela Direção-Geral da Saúde. Tratam-se de duas pessoas com mais de 80 anos, internadas no Hospital São Francisco Xavier e no Egas Moniz, ambas em situação clínica estável.

  • Quem é o novo Presidente do Zimbabué?
    2:15

    Mundo

    Emmerson Mnangagwa é o sucessor de Robert Mugabe que regressou esta quarta-feira da África do Sul, onde estava refugiado. No primeiro discurso, o Presidente do Zimbabué falou de uma nova democracia no país. Mnangagwa, conhecido como crocodilo, é suspeito de atrocidades na guerra civil pós-independência. 

  • Diminuem as hipóteses de salvar os tripulantes a bordo do submarino argentino
    3:09

    Mundo

    As hipóteses de salvar os tripulantes a bordo do submarino argentino, desaparecido há 8 dias, começaram a diminuir, uma vez que o chamado "tempo de segurança" já foi ultrapassado. A Marinha portuguesa está a acompanhar o caso do submarino que está desaparecido há oito dias. As hipóteses de salvar os tripulantes vão diminuindo.

  • Comprar um carro em segunda mão sem ser enganado 
    8:44
  • O que aprendemos com secas anteriores?
    32:50