sicnot

Perfil

Cultura

David Bowie pela primeira vez no primeiro lugar do top norte-americano

O último álbum de David Bowie, "Blackstar", lançado dois dias antes da morte do músico britânico, atingiu o primeiro lugar na lista de vendas de música nos Estados Unidos, de acordo com os dados publicados no domingo pela Billboard.

© Stefan Wermuth / Reuters


Esta foi a primeira vez que um álbum de David Bowie subiu ao lugar cimeiro do top norte-americano, segundo a Billboard, que faz a recolha de dados de vendas de álbuns, naquele mercado.

Durante a última semana, de acordo com a mesma fonte, foram vendidos mais de 181 mil exemplares de "Blackstar", destronando "25", de Adele, que ocupava o primeiro lugar há sete semanas.

Após a morte do criador de "Heroes", as vendas de todos os seus discos aumentaram, e nove outros álbuns regressaram ao "Top 200" da Billboard.

"Best of Bowie" atingiu o quarto lugar e o álbum de 1973 "The rise and fall of Ziggy Stardust and the spiders from Mars" ficou na fronteira dos "20 mais", ao ser o 21.º disco mais vendido no mercado norte-americano, na última semana.

No Reino Unido, "Blackstar" entrou diretamente para o primeiro lugar.

Os dados são conhecidos quando se completa uma semana sobre a morte de David Bowie, em Nova Iorque, ocorrida a 10 de janeiro, dois dias depois de ter completado 69 anos, altura em que publicou o seu último álbum, "Blackstar".

Na noite de domingo, na Union Chapel, em Londres, realizou-se um concerto em memória de David Bowie, com a interpretação de "Ziggy Stardust" pela banda The Feathers e a cantora Maggie Ronson, irmã de Mick Ronson, antigo guitarrista de Bowie.

Lusa

  • Portugal a tremer de frio
    3:07

    País

    Portugal continua a registar temperaturas negativas, sobretudo no Norte do país. Em Trás-os-Montes, por exemplo, marcaram mínimas de 11 graus abaixo de zero e os termómetros desceram tanto que congelaram rios, canalizações de água e até aquecimentos de escolas. Mas nem tudo é mau pois os produtores falam em boa época para curar fumeiro.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Podem as plantas ver, ouvir e até reagir?

    Mundo

    Um professor de Ciências Vegetais da Universidade de Missouri, nos Estados Unidos, passou quatro décadas a investigar as relações entre vegetais e insetos. Na visão de Jack Schultz, as plantas são "como animais muito lentos", que conseguem ver, ouvir, cheirar e até têm comportamentos próprios.

  • Zoo da Indonésia acusado de querer matar ursos à fome

    Mundo

    Um grupo de ativistas da Indonésia acusa o Jardim Zoológico de Bandung de estar a matar à fome os seus animais, incluindo os ursos-do-sol, para ser fechado. Um vídeo recentemente publicado mostra os ursos, que aparecem muito magros e a implorar por comida.