sicnot

Perfil

Cultura

"O Renascido" conquista cinco Prémios Bafta incluindo melhor filme e realização

A longa-metragem "O Renascido", do mexicano Alejandro González Iñárritu, conquistou hoje, em Londres, cinco prémios da Academia Britânica de Cinema e Televisão (BAFTA), incluindo melhor filme, melhor realização e melhor ator principal.

© Toby Melville / Reuters

O filme conquistou também os prémios para melhor direção de fotografia e som desta 69.ª edição dos Bafta, cuja cerimónia está a decorrer na Royal Opera House, em Londres.

Leonardo DiCaprio, que interpreta Hugh Glass em "O Renascido", ganhou o prémio para Melhor Ator, enquanto o Bafta para Melhor Atriz foi entregue à norte-americana Brie Larson pelo papel em "O Quarto de Jack", de Lenny Abrahamson.

O Bafta para Melhor Filme britânico foi para "Brooklyn", de John Crowley.

A atriz britânica Kate Winslet conquistou o prémio Bafta para Melhor Atriz Secundária pelo papel da assistente Joanna Hoffman, no filme "Steve Jobs", realizado por Danny Boyle.

O prémio de Melhor Ator Secundário foi para o britânico Mark Rylance, pelo papel de espião soviético desempenhado no filme "A ponte dos espiões", realizado por Steven Spielberg.

O filme "Spotlight" ganhou o prémio para Melhor Argumento original, assinado por Tom McCarthy e Josh Singer, e "A grande aposta", escrito por Charles Randolph e Adam McKay, conquistou o Bafta para Melhor Argumento adaptado.

Por seu turno, o ator norte-americano Sidney Poitier recebeu o Bafta honorífico pela sua contribuição para a indústria cinematográfica, tendo sido fortemente ovacionado na Royal Opera House, onde foi apresentado um vídeo pré-gravado do artista de 88 anos nascido nas Bahamas.

O britânico de ascendência nigeriana John Boyega ganhou o prémio Melhor Ator Revelação no filme "Star Wars: O despertar da força", pelo papel de Finn, um soldado ao serviço da Primeira Orden que decide juntar-se à resistência.

Este é o único Bafta decidido pelo público e votado 'online'.

O documentário realizado por Asif Kapadia sobre a vida da artista britânica Amy Winehouse, intitulado "Amy", conquistou o Bafta para Melhor Documentário nesta 69.ª edição dos galardões.

O compositor italiano Ennio Morricone, de 87 anos, conquistou o seu sexto Bafta pela banda sonora original do filme "Os oito odiados", dirigida por Quentin Tarantino.

O Bafta para o melhor filme em língua não inglesa foi para a coprodução hispano-argentina "Relatos Selvagens", do realizador argentino Damián Szifron.

"Divertidamente", filme de animação da Pixar, realizado por Pete Docter e Ronnie del Carmen, conquistou o Bafta para Melhor Animação.

Lusa

  • Manuel Valls diz que Trump fez declaração de guerra à Europa

    Mundo

    O antigo primeiro-ministro francês Manuel Valls, aspirante a candidato socialista às presidenciais deste ano, considerou esta segunda-feira como uma "declaração de guerra" as afirmações do futuro Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a União Europeia.

  • Morreu o último homem que pisou a Lua

    Mundo

    O astronauta norte-americano Eugene Cernan, o último homem a pisar a Lua, morreu esta segunda-feira aos 82 anos, informou a agência espacial norte-americana, NASA.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.