sicnot

Perfil

Cultura

Adele chorou "o dia todo" após problema de som nos Grammy

Adele revelou que chorou "o dia todo" depois dos problemas de som que arruinaram a sua atuação nos Grammy. A voz do hit "Hello" foi criticada na altura e explicou que a atuação correu mal e garantiu que não estava fora de tom.

Matt Sayles

Foi com a balada "All I Ask" que Adele decidiu voltar aos Grammy. No entanto, algo falhou na atuação da cantora britânica e as críticas, claro, não tardaram em aparecer.

Adele ficou triste e mostrou o descontentamento através de uma mensagem na rede social Twitter : "O microfone do piano caiu sobre as suas cordas, que era onde estava o som da guitarra. Isso fez com que o som ficasse fora de tom", segundo o Mirror.

Mas foi no programa de Ellen DeGeneres que revelou ter ficado lavada em lágrimas. A cantora de 27 anos disse à apresentadora: "Chorei o dia todo, ontem".

Adele revelou que estava mais nervosa do que nunca, pressão que sentia devido ao sucesso do seu recente disco "25". Afirmou que, a partir de agora, vai estar preparada quando alguma coisa correr mal. E se isso acontecer, a cantora garante "A próxima vez que tiver algum problema de som, vou parar", "E direi: desculpem, isto não está a dar para mim. Se tivermos tempo, fá-lo-emos de novo. De outra forma, adeus!".

  • Elton John participa no "Carpool Karaoke"
    0:37

    Cultura

    Elton John foi o convidado de James Corden, na série de vídeos "Carpool Karaoke". O músico britânico aceitou a boleia do apresentador do programa "The Late Late Show with James Corden", emitido nos Estados Unidos. Numa viagem por Los Angeles, cantaram temas icónicos de Elton John, como "Crocodile Rock" ou "Don't Let the Sun Go Down On Me". O "Carpool Karaoke" é partilhado no canal Youtube. Adele, Justin Bieber ou Stevie Wonder já foram convidados. O conceito passa pela partilha de um automóvel particular por pessoas que fazem um mesmo percurso.

  • Adele regressa aos Grammy ao fim de quatro anos
    2:29

    Cultura

    A entrega dos prémios Grammy decorreu, esta noite, em Los Angeles. Entre os vários artistas que atuaram durante a cerimónia esteve Adele, após quatro anos de ausência. Os grandes vencedores da noite foram o rapper Kendrick Lamar, com cinco prémios, e a cantora Taylor Swift, com três, incluindo o de melhor álbum,

  • "Não se reconstroem serviços públicos em dois anos"
    0:53

    País

    O Ministro da Saúde diz que os problemas do Serviço Nacional de Saúde não se resolvem em dois anos nem se consegue reverter a trajetória de desinvestimento e delapidação dos serviços públicos até 2019, ou até ao final da legislatura. Em entrevista ao jornal Público e à rádio Renascença, Adalberto Campos Fernandes admitiu ainda que é contra a eutanásia, mas garante que o SNS estará pronto a aplicar a lei, se assim for decidido pelo Parlamento.

  • "Oui, Monsieur - O Saco Azul do Marquês" (Parte I)
    35:45

    Operação Marquês

    A acusação da Operação Marquês diz que, em 5 anos, foram pagos quase 36 milhões de euros de luvas a José Sócrates. A maior fatia veio do Grupo Espírito Santo. O Ministério Público fala em pagamentos por decisões políticas sobre negócios da PT, alegadamente em benefício de Ricardo Salgado. Além de Sócrates, também Zeinal Bava e Henrique Granadeiro terão recebido dezenas de milhões de euros do ex-banqueiro. Nesta primeira parte da reportagem "Oui, Monsieur - O Saco Azul do Marquês", começamos a seguir do rasto desse dinheiro, conduzidos pelas pistas deixadas à investigação, nos registos secretos de um director do Grupo Espírito Santo.

  • "Oui, Monsieur - O Saco Azul do Marquês" (Parte II)
    24:59

    Operação Marquês

    O Ministério Público estima que, em apenas 8 anos, a ES Enterprises movimentou mais de três mil milhões de euros. E sempre à margem de qualquer controlo. Na tese da Operação Marquês, foi desta empresa fantasma que saiu a maior parte das luvas alegadamente pagas por Ricardo Salgado a José Sócrates, Zeinal Bava, Henrique Granadeiro e Hélder Bataglia, por causa dos negócio da PT. Na primeira parte da grande reportagem "Oui, Monsieur - o saco azul do marquês" vimos como o chumbo da OPA da SONAE à PT terá sido o primeiro desses negócios.Agora, olhamos para outros pagamentos milionários e procuramos perceber o que está atrás desse alegado saco azul. A investigação concluiu que era financiado através de operações financeiras complexas, por vezes com dinheiro dos clientes do BES.