sicnot

Perfil

Cultura

Alejandro Sanz interrompe concerto no México para defender uma mulher

Alejandro Sanz interrompeu o concerto de sábado passado em Rosarito, no México, para pedir a expulsão de uma das pessoas que assistia. O cantor espanhol acusou-o de agredir uma mulher.

Chris Pizzello

Aconteceu durante a primeira canção, enquanto o público gritava eufórico ao ritmo da música "La música no se toca". De repente, Alejandro Sanz deixou de cantar, apontou para um homem no público, largou a guitarra e desceu do palco, de acordo com o BBC Mundo.

Perante o ar espantado da audiência, e do coro que continuou a cantar, o cantor espanhol encarou o homem. Segundo as informações que a imprensa local deu, em causa estaria a perseguição a uma mulher.

Alejandro Sanz disse algo a um dos seguranças e voltou a subir ao palco e disse "isso não se faz". O homem foi expulso do concerto e quando a canção chegou ao fim, Sanz explicou o que aconteceu: "Peço desculpa por este episódio, porque não concebo que ninguém toque em ninguém (...) e muito menos numa mulher".

O momento foi registado por centenas de telemóveis.

  • "Fiz coisas de que me envergonho"
    2:31
  • Portugal é o segundo país da Europa com mais emigrantes
    1:39

    País

    São 2,3 milhões os portugueses que vivem no estrangeiro, ou seja, 22% da população. O último relatório do Observatório da Emigração relativo a 2015 mostra que se manteve o mesmo número de saídas de Portugal para o estrangeiro registadas no pico atingido em 2013: acima das 110 mil por ano. O Reino Unido é o principal país de destino.

  • Descoberta produção de canábis em abrigo nuclear 

    Mundo

    A polícia britânica descobriu, no sul de Inglaterra, um antigo abrigo nuclear subterrâneo adaptado à produção de canábis em grande escala. A operação levou à detenção de cinco homens e um adolescente de 15 anos. Foram também apreendidas milhares de plantas de canábis.

  • Carnaval na Almirante Reis
    2:39

    País

    Lisboa também celebra o Carnaval e esta manhã mais de três mil crianças participaram num desfile pela Avenida Almirante Reis, alunas de escolas públicas e privadas de 24 nacionalidades. Na freguesia de Arroios vivem estrangeiros de 79 nacionalidades.