sicnot

Perfil

Cultura

Alejandro Sanz interrompe concerto no México para defender uma mulher

Alejandro Sanz interrompeu o concerto de sábado passado em Rosarito, no México, para pedir a expulsão de uma das pessoas que assistia. O cantor espanhol acusou-o de agredir uma mulher.

Chris Pizzello

Aconteceu durante a primeira canção, enquanto o público gritava eufórico ao ritmo da música "La música no se toca". De repente, Alejandro Sanz deixou de cantar, apontou para um homem no público, largou a guitarra e desceu do palco, de acordo com o BBC Mundo.

Perante o ar espantado da audiência, e do coro que continuou a cantar, o cantor espanhol encarou o homem. Segundo as informações que a imprensa local deu, em causa estaria a perseguição a uma mulher.

Alejandro Sanz disse algo a um dos seguranças e voltou a subir ao palco e disse "isso não se faz". O homem foi expulso do concerto e quando a canção chegou ao fim, Sanz explicou o que aconteceu: "Peço desculpa por este episódio, porque não concebo que ninguém toque em ninguém (...) e muito menos numa mulher".

O momento foi registado por centenas de telemóveis.

  • Suécia conquista primeira vitória no Mundial frente à República da Coreia (1-0)

    Mundial 2018 / Suécia

    Depois de uma ausência de 12 anos nos campeonatos do mundo, a Suécia volta e começa a ganhar. Um penálti de Andreas Granqvist aos 65 minutos garantiu a vitória frente à República da Coreia na fase de grupos do Mundial. As equipas jogam pelo grupo F, onde também estão a Alemanha e o México. Veja aqui o golo e os lances da partida.

  • Três mortos e mais de 200 feridos do sismo no Japão
    1:07

    Mundo

    Pelo menos três pessoas morreram e mais de 200 ficaram feridas na sequência de um sismo de magnitude 6,1 na escala de Richter que atingiu hoje a região oeste do Japão, segundo um novo balanço das autoridades nipónicas. Uma das vítimas mortais era uma criança de 9 anos.