sicnot

Perfil

Cultura

Músico e compositor Brian Eno lança novo álbum baseado na I Guerra e Titanic

O músico experimental e compositor britânico Brian Eno anunciou o lançamento de um novo álbum, intitulado "The Ship" (O Navio), inspirado nas heranças da I Guerra Mundial e do Titanic.

© Alexander Demianchuk / Reuter

O músico, conhecido pelos seus trabalhos com David Bowie, Roxy Music e Talking Heads indicou no seu "site" na internet, na quarta-feira, que o seu novo trabalho será lançado a 29 de abril.

"No plano musical, quis fazer um disco com canções que não se apoiassem nas bases habituais de uma estrutura rítmica e numa sequência de acordes, mas que permitisse às vozes existirem no seu próprio espaço e no seu próprio tempo", escreveu o compositor no seu "site".

Brian Eno, 67 anos, disse ter-se inspirado na I Guerra Mundial (1914-1918) e no acidente do navio Titanic, naufragado em 1912.

"O Titanic era o navio inaufragável, o símbolo da pujança técnica humana, construído para simbolizar o maior triunfo do homem sobre a natureza. A I Guerra Mundial foi a guerra do material, feita para ser a vontade do aço sobre a humanidade", escreveu.

"A derrota catastrófica abriu caminho a um século de experiências dramáticas", acrescentou.

"The Ship" será o primeiro álbum a solo de Brian Eno depois de Lux, lançado em 2012.

Eno foi também produtor de diversos álbuns dos U2, grupo com o qual começou a trabalhar no álbum "The Unforgettable Fire".

Em 1981, o músico inglês produziu com David Byrne, ex-líder dos Talking Heads, um álbum experimental intitulado "My Life in the Bush os Ghosts".

Lusa

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Mais de 50 detidos pela GNR em 12 horas

    País

    A GNR fez 51 detenções entre as 20:00 de sábado e as 08:00 de hoje, 39 das quais por condução sob efeito do álcool ou sem carta, e três por violência doméstica, segundo um comunicado hoje divulgado.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".

  • Monumentos de 7 mil cidades às escuras por 1 hora
    2:51