sicnot

Perfil

Cultura

Morreu a artista plástica Ana Vieira aos 74 anos

A artista plástica Ana Vieira, de 74 anos, morreu durante a madrugada de hoje num hospital em Lisboa, vítima de cancro, disse à agência Lusa fonte da Galeria Graça Brandão.

http://anavieira.com/

De acordo com o galerista José Mário Brandão, o corpo da artista, que se encontrava hospitalizada há algum tempo, estará em câmara ardente na Capela do Rato, em Lisboa, a partir das 17:00 de terça-feira.

Na quarta-feira, será realizada uma missa de corpo presente às 15:30, e a artista será cremada às 17:30, no Cemitério do Alto de São João, em Lisboa.

"Perdemos uma grande artista e uma grande amiga", comentou o galerista à Lusa, acrescentando que o falecimento acontece numa altura em que uma das obras mais recentes de Ana Vieira, "A arte da Fuga", foi apresentada durante a feira ARCO Madrid, que encerrou no domingo na capital espanhola.

"É uma das mais recentes obras de um projeto que Ana Vieira estava a fazer", disse o galerista, que representava a artista.

Ana Vieira nasceu em Coimbra, em 1940, e por ligação paterna cresceu na Ilha de São Miguel, nos Açores, mas vivia e trabalhava em Lisboa, onde estudou pintura na Escola Superior de Belas Artes.

O seu trabalho era exposto desde 1965, realizando a primeira mostra individual em 1968, intitulada "Imagens Ausentes", que revelou o seu interesse em superar a dimensão estritamente pictórica do trabalho criativo, abrindo-se à instalação.

A artista usava nos seus trabalhos uma grande diversidade de materiais e dispositivos como biombos e elementos em madeira, peças de mobiliário, tecido ou vidro espelhado, entre outros.

Participou, em 1977, na exposição de vanguarda Alternativa Zero, em Lisboa, e em 1991, recebeu o prémio da Associação Internacional de Críticos de Arte/Secretaria de Estado da Cultura.

O Museu de Serralves, no Porto, dedicou-lhe a primeira exposição antológica, em 1998, e em 2010-2011, em Lisboa, o Centro de Arte Moderna José de Azeredo Perdigão da Fundação Calouste Gulbenkian, em colaboração com o Museu Carlos Machado, de Ponta Delgada, apresentou a maior retrospetiva na carreira da artista.

Lusa

  • Elemento dos Super Dragões com medida de coação mais gravosa
    1:37

    Desporto

    Os seis arguidos da Operação Jogo Duplo, que investiga crimes de corrupção e viciação de resultados na II Liga de futebol, saíram em liberdade. A medida de coação mais gravosa é para um membro da claque Super Dragões, que terá de pagar uma caução de 5 mil euros.

  • Mais de 120 pessoas infetadas com hepatite A
    2:23

    País

    O surto de hepatite A já infetou 128 pessoas, 60 das quais estão internadas em hospitais de Lisboa e Coimbra. A Direção-Geral da saúde recomenda a vacinação apenas aos familiares dos doentes. Apesar de não haver ruptura de stocks, há farmácias que não têm vacinas.

  • Sobreviventes de Mossul relatam mutilações e execuções do Daesh
    1:32