sicnot

Perfil

Cultura

"Balada de um batráquio" em concurso no festival de cinema de Hong Kong

O filme de Leonor Teles "Balada de um batráquio" compete este mês na secção de curtas-metragens do Festival Internacional de Cinema de Hong Kong, depois de em fevereiro ter sido premiado em Berlim.

© POOL New / Reuters

O filme expõe comportamentos xenófobos em relação a membros da etnia cigana em Portugal, abordando a prática de colocar sapos de cerâmica em lojas, cafés e restaurantes para afastar os ciganos, que têm várias superstições ligadas ao animal.

A curta-metragem venceu a 20 de fevereiro o Urso de Ouro da competição de curtas-metragens do Festival Internacional de Cinema de Berlim.

Segundo Leonor Teles, que tem raízes ciganas por parte do pai, o filme "não apresenta só uma problemática mas tenta, de certa forma, combatê-la", uma vez que a própria realizadora sentiu a "urgência" de destruir vários desses sapos em frente à câmara.

O filme de Leonor Teles volta a uma competição internacional já este mês, no festival de cinema de Hong Kong, que arranca na segunda-feira e que integra na programação outros nomes portugueses.

Do programa geral do Festival Internacional de Cinema de Hong Kong deste ano fazem parte "Visita ou memórias e confissões", de Manoel de Oliveira, a trilogia "As Mil e uma noites", de Miguel Gomes, e "Cartas da Guerra", de Ivo Ferreira, que integrou a competição oficial do Festival de Berlim deste ano.

Integram ainda o cartaz de Hong Kong os documentários "Os Olhos de André", premiado no festival de cinema Indie Lisboa, do realizador António Borges Correia, e "Eldorado XXI", uma coprodução luso-francesa, realizada por Salomé Lamas.

Todos eles terão duas exibições em Hong Kong dentro da programação do festival, que dura 15 dias.

O cartaz junta mais de 240 filmes de um universo de 66 países e territórios, num alinhamento que a organização do festival define como sendo "o mais eclético de sempre", contando com 63 estreias mundiais, internacionais e/ou asiáticas.

Fundado em 1976, o HKIFF (na sigla em inglês) é o mais antigo festival de cinema da Ásia e um dos mais reputados.

Lusa

  • Leonor Teles diz que nunca imaginou conquistar urso de ouro em Berlim
    2:19

    Cultura

    Leonor Teles já regressou a Portugal e continua a dizer que nunca imaginou que traria nas mãos um urso de ouro de Berlim. "Balada de um Batráquio" é realizada por uma jovem de apenas 23 anos, formada na Escola Superior de Teatro e Cinema de Lisboa, foi considerada a melhor curta-metragem no Festival de Cinema de Berlim.

  • Espanta ciganos na "Balada de um Batráquio"
    2:43

    País

    A curta-metragem que venceu o Urso de Ouro no Festival de Cinema de Berlim mostra como os sapos de loiça são usados por comerciantes para espantar a clientela cigana. A "Balada de um Batráquio" identifica uma prática considerada racista que não é nova mas que continua atual.

  • Ministra emocionou-se no Parlamento
    2:26

    Tragédia em Pedrógão Grande

    A ministra da Administração Interna disse esta quarta-feira no Parlamento que está, desde a primeira hora, a recolher, analisar e cruzar todos os dados do incêndio de Pedrógão Grande. Constança Urbano de Sousa emocionou-se diante dos deputados e admitiu que tem ainda muitas dúvidas sobre o que aconteceu. Foi pedido um estudo independente ao funcionamento do sistema de comunicações de emergência e uma auditoria à Secretaria-Geral da Administração Interna, a entidade gestora do SIRESP. A ministra explicou porquê.

  • "O que mais tem havido nesta altura são respostas precipitadas"
    7:21

    Opinião

    Foi um "debate contido" o de hoje, no Parlamento, sobretudo no frente-a-frente entre António Costa e Passos Coelho, na opinião de Bernardo Ferrão. O subdiretor de informação da SIC sublinha uma declaração "mortal" do primeiro-ministro, quando este disse que "ninguém quer respostas precipitadas". Por outro lado, a comissão técnica independente pedida pelo PSD pode virar-se contra o próprio partido.

    Bernardo Ferrão

  • NotPetya: Lourenço Medeiros explica o novo ciberataque global
    2:44

    Mundo

    A Ucrânia está a ser seriamente afetada por um novo ataque informático. Algumas empresas de grande dimensão estão a ser prejudicadas, agravando a dimensão global do ataque, o qual não parece ser dirigido a ninguém em concreto. Ontem, nas primeiras horas do ataque, não parava de crescer o número de vítimas.

  • Caricaturas de Trump invadem capital do Irão

    Mundo

    O Irão está a organizar um concurso internacional de caricaturas do Presidente norte-americano Donald Trump. Pelas ruas de Teerão já vão surgindo algumas imagens alusivas ao festival que vai realizar-se no próximo mês de julho.

  • De onde vem o dinheiro de Isabel II?

    Mundo

    A rainha Isabel II vai ser aumentada - pelo exercício das suas funções -, em 2018, para 82,2 milhões de libras (93,5 milhões de euros). Este valor é pago pelo Estado britânico. Contudo, esta não é a única fonte de rendimento da rainha de Inglaterra. Isabel II também recebe pelas terras, casas e empresas que tem espalhadas pelo Reino Unido.

  • Companhia aérea obriga deficiente físico a entrar no avião sem ajuda

    Mundo

    Um homem com uma deficiência física que o obriga a andar numa cadeira de rodas foi obrigado a subir sozinho as escadas de um avião da companhia aérea Vanilla Air. Hideto Kijima deparou-se com a situação quando estava a embarcar da ilha de Amami para Osaka, no Japão, com vários amigos que foram proibidos de o ajudar.