sicnot

Perfil

Cultura

Doente terminal cumpre último desejo e vê "Batman vs Superman" antes da estreia

A irmã do britânico Bazz Henderson-Gates revelou este domingo que o irmão concretizou pouco antes de morrer o seu último grande desejo, ver o filme "Batman vs Superman: A Origem da Justiça". Anteriormente tinha sido divulgado que Bazz, que lutou durante dois anos contra um cancro no esófago, tinha morrido sem concretizar o seu derradeiro pedido.

Bazz Henderson-Gates lutou durante dois anos contra um cancro no esófago.

Bazz Henderson-Gates lutou durante dois anos contra um cancro no esófago.

#‎Batman4Bazz‬

O visionamento exclusivo do filme aconteceu há pouco mais de um mês, apenas dias antes de morrer, a 19 de fevereiro, mas na altura a família remeteu-se ao silêncio, sofrendo a dor da perda e ainda incapaz de abordar o assunto.

Este domingo, dia da primeira antestreia do filme no Radio City Music Hall, em Nova Iorque, a irmã manifestou publicamente a gratidão à Warner Bros, por ter tornado possível a concretização do último desejo de Bazz, numa sessão exclusiva para ele e para a família.

O anúncio foi feito na página do Facebook Batman4Bazz, onde o grande fã dos super-heróis manifestou o seu último desejo e foi alimentando essa esperança, apoiado por amigos e conhecidos que foram alimentando essa esperança. A informação chegou ao conhecimento da Warner Bros que, sabe-se agora, não ficou indiferente.

Neste filme, dois dos super-heróis mais apreciado pelo público, que lutam pelo bem e salvaram a humanidade em várias ocasiões, enfrentam-se agora num duelo. Esta é uma das estreias mais aguardadas do ano.

  • Economia portuguesa a crescer
    2:26
  • Os likes dos candidatos às autárquicas no Facebook
    4:00

    Autárquicas 2017

    Se há mais de 5 milhões de portugueses no Facebook, é natural que as autárquicas também passem pela rede social mais usada no país e no mundo. A SIC apresenta-lhe os 10 candidatos cujas páginas têm mais seguidores e, para a comparação ser mais justa, os que têm mais seguidores em Portugal - porque há também quem estranhamente tenha milhares de fãs em países como Egito, Filipinas ou Vietname.

  • Embaixador do Bangladesh pede ajuda aos portugueses no caso dos rohingya

    Mundo

    O embaixador do Bangladesh em Lisboa pediu esta sexta-feira aos portugueses que ajudem a resolver o problema dos rohingya. Desde o final de agosto, mais de 400 mil pessoas desta minoria muçulmana fugiram de Myanmar, a antiga Birmânia. O Bangladesh já tinha acolhido outros 400 mil refugiados e vê-se agora a braços com esta crise migratória. Pede por isso a Portugal que pressione Myanmar para aceitar de volta e em segurança os rohingya.