sicnot

Perfil

Cultura

Homenagem de José Luís Peixoto a José Régio no Dia Mundial da Poesia

O escritor José Luís Peixoto escreve, no seu Manifesto "A palavra feita de palavras. Poesia em Régio", que será lido hoje, Dia Mundial da Poesia, em Portalegre, que "a poesia é uma torre sobre a vida e sobre a morte".

O poeta José Régio é homenageado hoje, em Portalegre, numa iniciativa da Fundação Inatel.

O poeta José Régio é homenageado hoje, em Portalegre, numa iniciativa da Fundação Inatel.

http://www.inatel.pt/

O poeta José Régio (1901-1960) é homenageado hoje, em Portalegre, numa iniciativa da Fundação Inatel, em que a praça da República da cidade alto-alentejana e o Centro de Artes e Espetáculos são os cenários para um "espetáculo de homenagem e celebração da vida e obra de Régio, no qual participam vários grupos culturais através da poesia, teatro, música, dança e cinema, numa viagem com encenação a cargo de Hugo Sovelas", segundo a organização.

Na mensagem, que será lida as 19:00, no grande auditório do Centro de Artes e Espetáculo, pelo ator Rui Mendes, é afirmado que "precisamos muito de poesia". "A nossa grande sorte é que a poesia está em todos os lugares onde estamos, como uma sombra do que vemos, pensamos, dizemos, somos".

"A poesia está no que fazemos bem e no que fazemos mal", declara.

"O poema é respirar, cada vez que inspiramos e expiramos, ar limpo a limpar-nos o sangue. O poema é fechar os olhos, existir num lugar sem luz e sem corpo. O poema é sorrir, reflexo que não decidimos e que chega aos outros, entre nós e os outros, milagre", lê-se na mensagem de Peixoto.

"Como o mundo inteiro, como todos os momentos, como a própria vida, poesia é ordem e loucura. É ordem quando aquilo que nos faz mais falta é disciplina rigorosa, vírgulas que não poderiam pertencer a nenhum outro espaço, quebras de verso que deixam as batidas do coração na expectativa de um segundo, e é loucura quando esquecemos o essencial, quando precisamos de ser lembrados".

"Poesia é uma palavra feita palavras e, como tal, é um paradoxo feito de paradoxos. No poema, como numa torre, todas as palavras são paradoxos em conflito consigo próprios e uns com os outros. Se tirarmos um tijolo, toda a torre perderá força e, tarde ou cedo, cairá. É a tensão que os tijolos mantêm entre si que permite o equilíbrio da torre. A poesia é uma torre sobre a vida e sobre a morte", escreve José Luís Peixoto, autor alto-alentejano, natural da freguesia de Galveias, a cerca de 70 quilómetros de Portalegre.

"No entanto, um monte de tijolos não é uma torre, um monte de palavras não é um poema. Chamem-se os engenheiros civis, por favor", escreve Peixoto que atesta em seguida que "aquilo que é nomeado torna-se concreto, como uma pedra na palma da mão, como uma pena entre o indicador e o polegar".

"Então, podemos encontrar o lugar certo para esses objetos. Não faltam maneiras de os arquivar: peso, tamanho, sabor. Se essa ordem fizer sentido transportará verdade. A verdade é um espelho. De certo modo, um poeta é um engenheiro civil que constrói espelhos. De certo modo, o poema é um espelho. Mas, de certo modo, o poema é qualquer coisa", prossegue o escritor, para quem o desafio é procurar a poesia, "aceitá-la, aprender a sentir-lhe o gosto. Dessa maneira, a vida ganha um brilho que, afinal, sempre esteve lá", remata.

Lusa

  • Militar ferido com gravidade em acidente com Pandur
    1:19

    País

    O acidente em Vila Real que envolveu uma viatura militar fez três feridos. Uma das vítimas ficou em estado grave e teve de ser transportada de helicóptero para o Hospital Santo António do Porto. O militar ficou encarcerado no veículo blindado, o que dificultou os trabalhos de socorro.

  • Ricardo Salgado constituído arguido e interrogado no DCIAP
    2:46

    Operação Marquês

    O ex-presidente do BES está a ser ouvido no DCIAP, a responder às questões do procurador Rosário Teixeira e do inspetor da Autoridade Tributária Paulo Silva. Têm sido levantadas dúvidas quanto ao dinheiro em contas de Carlos Santos Silva, amigo de José Sócrates, e suspeita-se que grande parte desses 20 milhões de euros tenham vindo de sociedades com ligação ao grupo Espírito Santo.

  • Bebé nasce na Ucrânia com ADN de três pais

    Mundo

    Nasceu a 5 de janeiro, na Ucrânia, uma menina filha de um casal infértil graças à ajuda de uma nova técnica de fertilização in vitro, que conta com a colaboração de uma terceira pessoa. De acordo com o britânico The Times, os médicos utilizaram pela primeira vez um método denominado transferência pronuclear. Esta não é, contudo, a primeira vez que nasce um bebé com ADN de três progenitores.

  • CIA desvenda segredos de quase 50 anos de História

    Mundo

    A CIA publicou online quase 12 milhões de documentos confidenciais. Basta uma ligação à Internet para navegar por entre 50 anos de relatórios outrora secretos. Entre os milhões de páginas, estão documentos sobre um eventual assassínio de Fidel Castro, detalhes sobre os crimes de guerra nazis, relatórios sobre avistamentos de OVNI e um estudo sobre telepatia denominado "Projeto Star Gate".